O que causou o fim do relacionamento de Britney Spears e Justin Timberlake?

Qual foi o motivo da separação do casal?

Redação Publicado em 26/08/2020, às 18h37

None
Britney Spears e Justin Timberlake (Foto: J. Emilio Flores/Getty Images)

No início dos anos 2000, o relacionamento de Britney Spears e Justin Timberlake dominava as notícias, a imprensa e os tabloides. O casal parecia ter uma boa relação até então. O que realmente fez com que os dois terminassem o namoro? O Cheatsheet explica. 

+++LEIA MAIS: Jamie Lynn, irmã de Britney Spears, assume curatela da cantora depois de pai se retirar

Os músicos se conheceram no final dos anos 1990 e em 1999, assumiram o namoro. Em 2002, porém, os dois anunciaram o término da relação. Na época, Timberlakelançou o videoclipe “Cry Me a River”, e começaram especulações sobre uma possível traição de Spears.

De acordo com o The Sun, a cantora tinha se aproximado do coreografo Wade Robson, que trabalhou com ambos os músicos. Relatos da época afirmam que Timberlakedescobriu que a então namorada e Robson estavam juntos ao encontrar um bilhete do coreografo no quarto da artista. As informações são do Cheatsheet

+++LEIA MAIS: O que Mick Jagger achou do cover de Britney Spears em música dos Rolling Stones?

“A separação foi absolutamente dolorosa para mim”, disse o cantor ao The Telegraph, via The Sun. Segundo os relatos de Spears, porém, o término não tem a ver com traição. A estrela pop conta que os dois tinham planos diferentes para o relacionamento. Enquanto ela gostaria de casar, ele teria dito que não estava pronto para isso.

“Ainda estou sofrendo, mas estou tentando ver isso como uma experiência. O pior é que todo mundo quer falar comigo sobre isso. Onde quer que eu vá, as pessoas perguntam como eu estou. É uma sensação estranha se acostumar a ficar solteira de novo, mas acho que terei que lidar com isso”, contou Spearsao The Sun na época, via Daily Mail.

+++ LEIA MAIS: Britney Spears afirma ter quebrado recorde de Usain Bolt em corrida de 100 metros

Timberlake também não falou nada sobre traição, pelo contrário, ele afirmou que, de fato, os dois seguiriam caminhos diferentes. Em uma entrevista a Barbara Walters, o cantor disse: "Lembro-me de quando decidimos que seguiríamos caminhos separados, nos sentamos e eu disse a ela: 'Se houver um momento em que você precisar de mim, pode ter certeza de que estarei lá, porque eu te amo como pessoa e eu sempre amarei você'."

Ainda, o músico explicou que a mídia especularia sobre o rompimento deles de qualquer maneira: "Mas eu também disse: 'Olha, não importa o que digamos neste ponto, as pessoas vão especular sobre as coisas, e eu poderia realmente me colocar em uma posição horrível se dissesse algo e alguém interpretasse mal, porque isso acontece o tempo todo'. E eu prometi a ela que não diria especificamente nada do motivo do término.". Todas as informações são do Cheatsheet

+++LEIA MAIS: Britney Spears elege as 3 melhores músicas dos anos 2000 - e cria playlist com hits da década


+++ DELACRUZ SOBRE FILHOS, VIDA E MÚSICA: 'ME ENCONTREI NO AMOR, NA FAMÍLIA, NO LADO BOM'