Paul McCartney defendeu em rede nacional o direito de consumir LSD em 1967 [VÍDEO]

O beatle foi o primeiro a anunciar publicamente que fazia o uso da droga ilícita

Redação Publicado em 19/06/2020, às 15h21

None
Paul McCartney, foto de Linda (Foto: Reprodução / Instagram)

Não há dúvidas de que o uso de LSD teve impacto nas criações dos Beatles durante os anos 1960. O efeito do uso do alucinógeno é claro nos textos de John Lennon, porém, foi Paul McCartney quem anunciou primeiro — e publicamente — a "expansão" mental que a droga proporcionou. 

+++ LEIA MAIS: Violino, LSD e deportação: 8 fatos curiosos sobre George Harrison, guitarrista dos Beatles [LISTA]

Em 1967, segundo resgatado pela Far Out Magazine, Macca discutiu sobre o assunto na TV. No registro, o músico defende os direitos de usar LSD. "Depois que eu tomei [LSD], ele abriu meus olhos. Usamos apenas um décimo do nosso cérebro. Apenas pense no que poderíamos realizar se pudéssemos tocar nessa parte oculta. Isso significaria um mundo totalmente novo". 

+++ LEIA MAIS: George Harrison revelou como ele e John Lennon experimentaram LSD durante entrevista para TV em 1971 [VÍDEO]

O entrevistador questiona McCartney onde ele conseguiu, e com um sorriso irônico, ele desvia da pergunta. Veja abaixo a entrevista:

Em outro momento, na biografia de McCartney, Many Years From Now, o autor Barry Miles se sentou com o músico para longas conversas sobre a banda e um dos assuntos abordados também foi o LSD. No livro, ele conta como foi a primeira "viagem de LSD" que teve com Lennon

+++ LEIA MAIS: Cocaína e problemas técnicos - a última gravação de Paul McCartney e John Lennon

+++ A PLAYLIST DO RUBEL