Pink Floyd quase chamou ‘Megadeaths’ - por que decidiram trocar de nome?

O nome oficial da banda surgiu rapidamente antes de um show em 1965

Redação Publicado em 10/03/2020, às 10h53

None
Pink Floyd (Foto: Divulgação)

Quando o Pink Floyd começou a se formar, um dos primeiros nomes usados pelo grupo, antes da estreia no mercado musical com The Piper at the Gates of Dawn (1967), foi The Megadeaths. Segundo o site CheatSheet, a banda ainda trocou de nome outras três vezes antes de decidir. 

Os primeiros nomes usados foram The Megadeaths, The Spectrum 5 e The Screaming Abdabs, posteriormente encurtado para The Abdabs. No livro Inside Out ‑ a Verdadeira História do Pink Floyd (2004), o baterista Nick Mason relembra as inúmeras mudanças no nome e na formação da banda. Após abandonar as ideias iniciais, o grupo, então liderado por Syd Barret, se tornou The Tea Set, “jogo de chá” em português. 

+++ LEIA MAIS: Por que o Pink Floyd ignorou a contribuição do Paul McCartney para o disco ‘Dark Side of the Moon’?

Segundo Mason, o nome The Tea Set se tornou um problema durante umac  apresentação para a Força Aérea Real, em 1965, pois outro grupo com o mesmo nome se apresentaria naquele dia. A banda precisou mudar o nome às pressas e a ideia final foi de Barret. Fã de blues, o guitarrista usou os nomes de Pink Anderson e Floyd Council para formar o nome The Pink Floyd Sound.

O novo título não foi bem recebido de cara e a banda ainda realizou mais um show com o nome de The Tea Set naquele ano, conta Mason. Algum tempo depois, a palavra “Sound” foi retirada e o nome Pink Floyd se tornou oficial.


+++ SESSION ROLLING STONE BRASIL: DELACRUZ - ANESTESIA