Por que Jennifer Aniston quase foi cortada de Friends?

Para comemorar os 25 anos da série, o livro Generation Friends será lançado no dia 17 de setembro

Redação Publicado em 21/08/2019, às 19h08

None
Jennifer Aniston (Foto: Chris Pizzello/Invision/AP)

Friends completa 25 anos de lançamento em setembro e para comemorar a data, a série ganhará o livro Generation Friends. A obra é escrita por Saul Austerlitz e revela os bastidores de criação do seriado.

A Entertainment Weekly divulgou um trecho da obra e segundo a informação, a comédia poderia ter sido bem diferente. Jennifer Aniston, reponsável por interpretar Rachel, quase foi cortada do elenco de Friends ainda na primeira temporada.

+++LEIA MAIS: 4 vezes que Chandler se mostrou o melhor personagem de Friends [LISTA]

O livro revela que a atriz participou de alguns episódios de outra série, Muddling Through, e a emissora CBS poderia renovar o seriado. Se isso tivesse acontecido, Aniston precisaria dar continuidade ao projeto.

Na época, a NBC era rival da CBS e a renovação de Muddling Through tiraria atriz do elenco de Friends, mesmo que a produção quisesse Aniston

+++LEIA MAIS: Friends: 5 segredos revelados sobre a série

"Warren Littlefield [presidente da NBC na época] virou para Preston Beckman, o guru de programação da emissora, e deu a ordem: ‘Mate a série rival’. Beckman retornou com uma sugestão de como eliminar Muddling Through. Beckman estava sentado com um tesouro de filmes não-lançados que eram baseados nos livros de Danielle Steel. Eles praticamente garantiriam uma boa audiência feminina. Se eles fossem colocados no mesmo horário de Muddling Through? Bem, nenhuma série sobre uma ex-gerente de um motel e a sua família conseguiriam competir”, afirma o livro.

A série realmente não teve continuidade e a CBS transmitiu o último episódio de Muddling Through dia 7 de setembro de 1994. Duas semanas depois, no dia 22 de setembro, Friends teve sua estreia.

Generation Friends será lançado em 17 de setembro e deve trazer ainda mais curiosidades sobre a comédia. 

+++ De Djonga a Metallica: Scalene escolhe os melhores de todos os tempos