Porque o White Album é o disco dos Beatles favorito de John Lennon?

Mesmo que Abbey Road e Sgt Peppers sejam aclamados pelos Beatles, fãs e a crítica, Lennon dá uma atenção especial para o álbum auto-intitulado da banda

Redação Publicado em 06/09/2019, às 10h51

None
John Lennon e Yoko Ono (Foto: AP / File)

Desde de quando era um adolescente em Liverpool, John Lennon tinha o rock no coração. E, depois de uma década com os Beatles, isso não mudou. Quando pensamos nas músicas favoritas do icônico quarteto, Lennon elege "Come Together", de Abbey Road, como a primeira da lista. 

Além de "I Want You (She's so Heavy)" e outras músicas do lado A do disco, John não dava tanta atenção assim para o Abbey Road. "Ópera pop", é assim que Lennon se refere sobre o encerramento do disco e para ele, isso não era um elogio. 

+++ LEIA MAIS: Qual música de Abbey Road é a única a ter solo dos quatro integrantes dos Beatles?

Ao avaliar a carreira dos Beatles uns anos após o fim, Lennon conta o que mais amava na banda. Diferente dos seus colegas de banda - e da legião de fãs e críticos -, para ele, Sgt. Peppers e Abbey Road não foram os pontos altos da discografia do grupo. 

Para ele, a música mais crua e verdadedeira vem do álbum duplo de 1968, The White Album. Lennon o descreve como um disco "muito superior" ao Sgt. Peppers

+++ LEIA MAIS: Abbey Road ou Let It Be? Qual foi o último disco dos Beatles?

Em 1971, em uma entrevista para Peter McCabe e Robert Schonfeld, John começou dizendo que McCartney nunca gostou do The White Album porque os integrantes da banda estavam fazendo suas próprias músicas em vez de trabalharem em grupo.

"Ele não gostava de George [Harrison] tendo tantas faixas", disse John. Harrison teve quatro músicas nesse disco. "Paul queria que fosse uma coisa feita mais em grupo, então ele nunca gostou desse álbum."

Ao contrário de Lennon que acredita ter dado o melhor para o The White Album. "Sempre gostei dos outros álbuns, incluindo o Pepper. O mito do Pepper é maior, mas a música do White Album é muito superior, eu acho." 

+++ LEIA MAIS: Por que Paul McCartney teve um colapso durante as gravações do White Album?

Para o polêmico disco, Lennon escreveu pelo menos cinco faixas. 

Se você é fã, pode entender o por que ele gosta tanto desse álbum. No lado A, por exemplo, você encontra "Dear Prudence", que ele escreveu para a irmã da Mia Farrow, e "Happiness Is a Warm Gun", que é uma música muito John Lennon. Enquanto no lado B, você vê um surpreendente trabalho em "Julia" e "I'm So Tired". Além disso, Lennon aprenseta  "Yer Blues", "Sexy Sadie" e "Revolution" nos lados seguintes. 

+++ LEIA MAIS: Quais músicas dos Beatles John Lennon realmente achava 'um lixo'?

Não é preciso de muito para entender o o por que esse lançamento marcou tanto Lennon em comparação ao Abbey Road ou o conceito - não seguido - de Sgt. Peppers. Mesmo que as obras-primas do cantor estivesem nesses discos, o coração dele se manteve na verdade do The White Album