Roteirista de Liga da Justiça considera versão de 2017 como 'ato de vandalismo'

Chris Terrio ficou 'depressivo' após ver as mudanças feitas pela Warner

Felipe Grutter (com supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 09/04/2021, às 09h53

None
Liga da Justiça de 2017 (Foto: Reprodução/Warner)

Em recente entrevista à Vanity Fair, Chris Terrio, roteirista de Liga da Justiça (2017) e Snyder Cut (2021), criticou a versão de 2017 e revelou como a considera um ato de "vandalismo." Essa foi a primeira vez na qual Terrio falou publicamente sobre a produção.

Após tragédia familiar, Zack Snyder saiu da direção de Liga da Justiça e foi substituído por Joss Whedon, quem reescreveu e refilmou o longa quase inteiro. Depois do resultado catastrófico nos cinemas, fãs pediram para Warner lançar a versão de Snyder, cujo lançamento aconteceu em 18 de março de 2021.

+++LEIA MAIS: 4 cenas do Liga da Justiça original cortadas de Snyder Cut [LISTA]

Na entrevista, o roteirista explicou como "não tinha ideia" de quanta "desmontagem em massa" aconteceria quando Joss Whedon assumisse o posto de diretor. O roteirista não culpou o cineasta especificamente, mas mencionou executivos do estúdio e "pessoas que não são cineastas nem amigas do cinema."

"Eu estava em Los Angeles na época, trabalhando em Star Wars: A Ascensão Skywalker. Dirigi para a Warner, me sentei e assisti [Liga da Justiça] algumas semanas antes do lançamento. Imediatamente liguei para meu advogado: 'Quero tirar meu nome do filme.' Meu representante ligou para o estúdio e disse-lhes sobre minha decisão," relembrou.

+++LEIA MAIS: Ray Fisher exige resultados completos da investigação da Warner Bros. sobre comportamento de Joss Whedon no set de Liga da Justiça

No entanto, desistiu de retirar o nome dos créditos para proteger o longa de atrasos ou escândalos: "Calei minha boca e não disse nada publicamente. Nunca disse nada sobre Liga da Justiça desde então, mas o filme não representa meu trabalho."

Chris Terrio ficou depressivo quando Liga da Justiça passou pelas mudanças, porém, "nem mesmo me sentia no direito de ficar deprimido, porque Zack e Debbie [Snyder, esposa do diretor e coprodutora] estavam lidando com a tragédia familiar."

+++LEIA MAIS: 4 cenas do Liga da Justiça original alteradas no Snyder Cut [LISTA]

Durante as refilmagens da produção, Terrio ouvia apenas "relatos ocasionais" sobre a situação: "Não sabia o quanto do filme seria mudado - ou vandalizado, na minha opinião. Ficou claro enquanto eu falava com vários atores como era um desmantelamento total do longa. Ninguém citou essa experiência como agradável."

"Mas, mais importante, isso envenena sua alma e sua confiança, especialmente quando essa outra versão do filme não foi vista," finalizou.

+++LEIA MAIS: Joss Whedon ameaçou carreira de Gal Gadot durante filmagens de Liga da Justiça; entenda


+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes

+++ KONAI: 'ESTAMOS EM PRESSÃO CONSTANTE PARA SER O QUE NÃO É NOSSO NATURAL' | ENTREVISTA