Afinal, por que Palpatine queria que Luke Skywalker o matasse? Star Wars: Ascensão Skywalker explicou

Personagem voltou como clone no último filme da saga

Redação Publicado em 17/09/2020, às 11h03

None
Imperador Palpatine (Foto: Reprodução/Lucasfilm)

Um dos maiores mistérios da saga Star Wars é o motivo de Palpatine querer que Luke Skywalker o matasse O Retorno de Jedi. A resposta veio apenas em 2019, com A Ascensão Skywalker. Os filmes da franquia mostram um grande arco do vilão, no qual mostra o caminho dele ao poder, a derrota e a tentativa de retomada do poder. A informação é do Screen Rant.

De acordo com o site, o mal do vilão não tem origem, ele é simplesmente mau. E, infelizmente, isso torna algumas cenas bastante difíceis de se interpretar, porque Palpatine carece de definição como personagem, já que ele segue mais de pano de fundo. É possível de entender isso melhor em O Retorno de Jedi, quando ele tenta persuadir Luke a matá-lo: "O ódio está crescendo dentro de você agora. Pegue sua arma Jedi. Use-a. Estou desarmado. Me derrube com isso. Ceda à sua raiva"

+++LEIA MAIS: Cobra Kai prova que Barney Stinson estava certo o tempo todo em How I Met Your Mother, e agora?

A interpretação comum dessa cena é que Palpatine estava simplesmente tentando provocar um duelo entre Darth Vader e Luke Skywalker, pai e filho, a fim de manipulá-los e descobrir qual deles era mais poderoso. E, por conta desse fator, o vilão realmente parecia muito ansioso para morrer.

A resposta desse momento veio com A Ascensão Skywalker revela o motivo. Palpatine havia aprendido o segredo da vida imortal, um poder da Força sombria chamado Transferência de Essência. Isso permite que um Sith preserve o próprio espírito após a morte, e a liga a um objeto, um planeta específico, ou até mesmo outra pessoa.

Na época de O Retorno do Jedi, o corpo do vilão estaria no fim da vida natural, e ele sem dúvida poderia considerar onde colocar a essência. Por conta disso, pode muito bem ser por isso que ele criou clones em Exegol. Mas o filho de Anakin Skywalker, que herdou todo o poder da Força do pai, seria um ótimo hospedeiro.

+++LEIA MAIS: Direitos autorais de Freddie Mercury: como vocalista do Queen dividiu a herança e quantos milhões cada parte já ganhou com músicas e Bohemian Rhapsody

Porém, de acordo com o Screen Rant, existe apenas uma complicação nessa resposta. Como foi mostrado em Star Wars: A Ascensão Skywalker, o espírito de um Lorde Sith só pode possuir alguém se o hospedeiro estiver sob influência do lado negro da Força no momento da possessão.

"Com seu ódio, você tirará minha vida", Palpatine disse à neta Rey no filme, "e você ascenderá". Ou seja, foi por isso que o vilão fez aquilo com Luke todos aqueles anos antes, com a intenção de que o Jedi o matasse com raiva e, assim, ser manipulado.


+++ BK' lança novo disco e fala sobre conexão com o movimento Vidas Negras Importam: 'A gente sabia que ia explodir'