Teoria de The Mandalorian revela qual vilão está atrás do Baby Yoda, diz site

O Sith poderia ter ordenado até a criação do bebê para planos malignos

Redação Publicado em 10/01/2020, às 11h30

None
Baby Yoda em The Mandalorian/ Palpatine em Retorno de Jedi (foto: reprodução/ Lucasfilm)

O grande vilão de The Mandalorian, a série de Star Wars, pode ser o Imperador Palpatine. Uma teoria criada pelo Screen Rant conecta o lorde Sith ao Baby Yoda.

Logo no início da série o bebê é caçado pelo o que sobrou do Império Galáctico. Dentre os oficiais que pedem ao Mandaloriano que encontre o Baby Yoda está um que aparenta ser um cientista do planeta Kamino, conhecido por produzir os clones de Star Wars : O Ataque dos Clones (2002).

+++LEIA MAIS: Afinal, o que tem no ‘J.J. Cut’, a versão do diretor de Star Wars: A Ascensão Skywalker de J.J. Abrams

A teoria especula que, de alguma forma, os servos de Palpatine (ou o próprio imperador) conseguiram o DNA do Mestre Yoda e fizeram o clone. Em Star Wars, os clones nascem como crianças e devem ser envelhecidos artificialmente até a idade adulta, mas como o Baby Yoda foi tirado da posse do Império antes da hora e escondido, ele passou 50 anos se desenvolvendo normalmente.

Agora, o que o Sith iria querer com o bebê? A teoria lança a hipótese da possessão. Em alguns livros do universo Star Wars é mencionado que os Sith possuem um poder chamado de transferência de essência, ou seja, mover o espírito para outro corpo. Talvez Palpatine procurasse um novo corpo após o ferimento mortal em Retorno de Jedi (1983).

+++LEIA MAIS: Arte de "Yoda humano" é a coisa mais feia que você vai ver essa semana

Outra possibilidade é a capacidade de cura pela Força apresentada recentemente. Tanto em A Ascensão Skywalker quanto em The Mandalorian, personagens curam outros usando a Força. Palpatine talvez queria que o Baby Yoda reconstruísse o corpo semi-morto dele e desse mais poder ao vilão.


+++ CORUJA BC1: 'FAÇO MÚSICA PARA SER ATEMPORAL E MATAR A MINHA PRÓPRIA MORTE