Cena de luto pela morte de Han Solo foi deletada de Star Wars: O Despertar da Força

Joonas Suotamo explicou qual foi o momento cortado da versão final

Redação Publicado em 08/01/2020, às 17h26

None
Joonas Suotamo como Chewbacca e Carrie Fisher como Leia (Foto 1: Reprodução | Foto 2: Reprodução)

[O texto contém spoilers da saga Star Wars]

Joonas Suotamo, que interpretou o Chewbacca na franquia Star Wars, revelou em uma entrevista ao THR, publicada no início desta semana, qual cena gravada por ele que foi excluída de O Despertar da Força (2015). Nela, ele e Leia Organa, personagem de Carrie Fisher, lamentavam a morte de Han Solo juntos.

"Minha opinião sobre o abraço perdido de O Despertar da Força foi que Chewie estava tão preocupado em ajudar Finn que o tempo para lamentar e abraçar as pessoas chegou mais tarde", explicou.

+++ LEIA MAIS: Star Wars: os dez momentos mais marcantes da franquia.

Inclusive, um dos momentos mais controversos deste filme é a cena em que Leia abraça Rey após a morte de Han Solo e ‘ignora’ o antigo amigo e companheiro de Han, Chewbacca. No entanto, anteriormente, J.J. Abrams admitiu que a cena entre Suotamo e Carrie Fisher não teve o efeito esperado e explicou que o abraço de ReyLeia era para refletir uma "comiseração pela perda mútua".

J. J. Abrams não repetiu o mesmo erro emA Ascensão Skywalker, que contou com um momento em que Chewie grita de angústia ao saber da morte de Leia após ele e os outros retornarem da missão a Kef Bir.

Os dois personagens tiveram uma interação igualmente sensível em Os Últimos Jedi, de Rian Johnson, onde eles são mostrados se abraçando depois de escapar da Primeira Ordem e se reunir a bordo do Millennium Falcon. De acordo com Suotamo, a cena cortada de O Despertar da Força era como essa.

+++LEIA MAIS: Criadores de Game of Thrones desistem de acordo por trilogia de Star Wars; entenda

Não foi a primeira vez que uma cena de um personagem lamentando a morte de Han foi cortada da franquia. Em Os Últimos Jedi, Luke Skywalker depois de aprender sobre Han quando Chewie e Rey aparecem em Ahch-To, demora um momento para reunir os pensamentos e refletir sobre o falecimento do velho amigo antes de lidar com os convidados indesejados. Este momento também foi deletado da edição final.

Mark Hamill expressou a decepção com o corte, mas explicou que tudo faz parte do processo de filmagem. Suotamo também compartilhou o mesmo sentimento na entrevista ao THR dizendo que "esse tipo de coisa sempre afeta a tomada de decisão final".

++LEIA MAIS: O melhor e o pior de Star Wars: O Retorno de Jedi [LISTA]

Foi bom que o personagem teve a chance de lamentar a morte de Leia, mas teria sido interessante se essa não fosse a única vez que ele realmente sentisse a perda de membros da família. Exceto por isso e uma foto dele triste após a morte de Han em O Despertar da Força, Chewie viveu o luto fora das telas.


+++ CORUJA BC1: 'FAÇO MÚSICA PARA SER ATEMPORAL E MATAR A MINHA PRÓPRIA MORTE'