Tom Morello: ‘Me revolta que jovens não querem passar 8 horas treinando na guitarra’

O guitarrista do Rage Against the Machine criticou a atitude: “Estão procurando um caminho mais fácil para se tornar famoso

Redação Publicado em 08/05/2020, às 20h06

None
Tom Morello, guitarrista do Rage Against the Machine (Foto: Branimir Kvartuc / AP)

Tom Morello, do Rage Against the Machine, tem uma ótima sugestão para os guitarristas durante a quarentena: praticar - e muito.  Em entrevista ao Metal Hammer, o músico falou que os jovens da atualidade não querem treinar o instrumento - algo inadmissível para ele.

“Me revolta que jovens não querem passar 8 horas treinando na guitarra. Eles estão procurando um caminho mais fácil para se tornarem famosos. Veja as 50 melhores músicas do rádio nos EUA - não há solos de guitarra nelas”, disse Morello.

+++LEIA MAIS: Tom Morello não gosta de usar guitarras caras; a favorita custou R$ 151 em um brechó

O guitarrista continuou: "Quero que uma nova geração de crianças ligue a guitarra". Apesar do apelo, o músico admitiu que o treino não tornará a banda de ninguém o próximo Rage Against The Machine ou Metallica.

Ele falou: "Neste clima atual, realmente não há indústria de discos. Se um novo Metallica ou um novo Rage Against The Machine surgir, não há o aparelho para enfiá-lo na garganta do mundo que havia 20 ou 25 anos atrás”.

+++LEIA MAIS: Rage Against the Machine contra o Coronavírus: banda ensina a lavar as mãos ao som de 'Killing In The Name’

Apesar das críticas, Morello elogiou o alcance atual da música: “A distribuição da música é muito mais democrática. Você, eu e o cara andando pela rua do lado de fora todos podemos fazer um álbum em nossos telefones, todos podemos ter uma página no Facebook para divulgá-la”. 


+++MINHA PLAYLIST.... FRANCISCO, EL HOMBRE | ROLLING STONE BRASIL