Governo dos EUA conclui retirada de tropas do Afeganistão; Talibã comemora com tiros

Os últimos aviões dos EUA deixaram o Afeganistão na segunda, 30, após 20 anos de guerra

Redação Publicado em 31/08/2021, às 13h41

None
Soldados norte-americanos no Afeganistão em 2014 (Foto: Scott Olson/Getty Images)

Os Estados Unidos concluíram a retirada de tropas do Afeganistão na segunda, 30. Após 20 anos de guerra, termina a presença militar norte-americana no país, que volta a ser dominado pelo Talibã.

Conforme publicado pela BBC, o fim da presença de tropas norte-americanas ocorreu um dia antes ao prazo estabelecido por Joe Biden e o Talibã: 31 de agosto. Com a decolagem do último avião às 23h59 (16h29 em Brasília), o grupo fundamentalista islâmico que agora domina toda Kabul, capital do Afeganistão, comemorou com tiros.

+++LEIA MAIS: O que é o Talibã e como ele assumiu o controle do Afeganistão

O Talibã assumiu o poder do país em meados de agosto, após o início das retiradas de tropas norte-americanas determinada pelo presidente dos EUA Joe Biden. Desde que o grupo chegou à capital Kabul, 123 mil civis foram retirados de solo afegão pelos Estados Unidos.

Segundo o general Frank McKenzie, via BBC, as pessoas retiradas do país eram norte-americanas, afegãs ou de outras nacionalidades. O profissional ainda acrescentou: "Cada um dos militares americanos em serviço está agora fora do Afeganistão".

+++LEIA MAIS: Por que Biden decidiu retirar soldados dos Estados Unidos do Afeganistão?

Os porta-vozes do Talibã, como Zabihullah Mujahid e Qari Yusuf, deram entrevistas e publicaram mensagens nas redes sociais comemorando a saída dos norte-americanos. Segundo eles, o Afeganistão se tornou "totalmente livre e independente".

A Folha de S. Paulo afirmou que, durante a madrugada, tiros e fogos foram ouvidos na capital Kabul, em comemoração ao fim da presença militar norte-americana no país. No entanto, a saída das tropas dos EUA foi marcada por muita confusão e ataques.

+++LEIA MAIS: Talibã, Estado Islâmico, Al-Qaeda: semelhanças e diferenças

O Estado Islâmico promoveu ataques à bomba nos arredores do aeroporto de Kabul que levaram a mais de 180 mortos em um momento que a população se aglomerava para conseguir evacuar do país. Além disso, os EUA atacaram com drone um veículo que estaria levando bombas ao aeroporto — e a ação matou civis.


+++ CONFIRA TUDO SOBRE A BANDA 5 SECONDS OF SUMMER!