Pulse

Brasil é o país que mais ouve Iron Maiden no mundo; veja lista com artistas do Rock in Rio 2019

O dia de festival dedicado ao heavy metal tem bandas internacionais com níveis mais altos de ouvintes brasileiros

Redação Publicado em 21/09/2019, às 11h53

None
Iron Maiden (Foto: Amy Harris/Invision/AP)

Você sabia que o Brasil é o país que mais escuta Iron Maiden no mundo?

Na verdade, o Iron Maiden é a única atração principal do Rock in Rio 2019 cuja maior parte dos ouvintes (o equivalente a 13,8%) são brasileiros, segundo um levantamento realizado pelo YouTube com base nos últimos 12 meses e publicado pelo G1.

O dia 4 de outubro, dedicado ao heavy metal, tem bandas estrangeiras com níveis mais altos de ouvintes nacionais - além do Iron Maiden, Scorpions (com 10%) e Helloween (com 8,4%).

+++ Leia mais: Rock in Rio 2019: Qual é o headliner é o mais popular no Brasil?

Por outro lado, o Brasil representa uma parcela menor entre o público dos headliners de pop (Pink com 5,6% e Bebe Rexha com 5%) e grupos de rock alternativo (Muse com 2,9% e Weezer com 2,5%). Os números evidenciam a força do país no cenário mundial do heavy metal, em relação aos outros gêneros musicais presentes no evento.

Enquanto isso, os Estados Unidos são a nação de maior audiência de todas as outras atrações principais do Rock in Rio 2019, exceto pelo Iron Maiden.

 

Veja a colocação do Brasil entre os ouvintes das bandas estrangeiras que se apresentarão no Palco Mundo:

 

Iron Maiden: 1º lugar (13,8% de brasileiros)

Red Hot Chili Peppers: 2º lugar (13,5%)

Bon Jovi: 2º lugar (11,2%)

Nickelback: 2º lugar (10,7%)

Foo Fighters: 2º lugar 10,2%)

Scorpions: 2º lugar (10%)

Bebe Rexha: 2º lugar (5%)

Imagine Dragons: 2º lugar (9,1%)

Helloween: 3º lugar (8,4%)

Black Eyed Peas: 3º lugar (9,3%)

Ellie Goulding: 3º lugar (7,4%)

Panic! At The Disco: 3º lugar (4,6%)

Drake: 3º lugar (3,7%)

Goo Goo Dolls: 4º lugar (7,8%)

Pink: 4º lugar (5,6%)

Dave Matthews Band: 4º lugar (2,3%)

Weezer: 5º lugar (2,5%)

Tenacious D: 6º lugar (3,2%)

Muse: 8º lugar (2,9%)