Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Elon Musk revela conversa com Kanye West após tuíte antissemita

Após publicação antissemita no Twitter, Elon Musk, possível proprietário da rede social, mostrou-se preocupado com Kanye West

Redação Publicado em 11/10/2022, às 08h58

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Elon Musk e Kanye West (Foto: Reprodução/Twitter)
Elon Musk e Kanye West (Foto: Reprodução/Twitter)

Após Kanye West fazer publicação antissemita no Twitter e ter a conta no site bloqueada no último domingo, 9, Elon Musk, possível proprietário da rede social e dono da Tesla, revelou como teve uma conversa com o rapper.

Além de ter a conta bloqueada e impossibilitada de fazer mais publicações, a publicação antissemita de West foi apagada pela rede social. Um porta-voz do Twitter disse ao BuzzFeed News como "o perfil em questão foi bloqueado devido a uma violação das políticas" da plataforma. Isso também aconteceu com o cantor no Instagram pelo mesmo motivo.

+++LEIA MAIS: Lizzo rebate falas gordofóbicas de Kanye West: 'Estou cuidando da minha vida gorda'

Com a recuperação da conta do artista, Elon Musk se mostrou feliz: "Bem-vindo de volta ao Twitter, meu amigo!" Além disso, o empresário também falou sobre uma conversa com Kanye West sobre o assunto. "Falei com Ye hoje e expressei minhas preocupações sobre seu recente tuíte, que acho que ele levou a sério."


Amigos de Kanye West estão 'profundamente preocupados' com saúde mental do cantor

Amigos e pessoas próximas a Kanye 'Ye' West estariam profundamente preocupados com as atitudes do rapper. Segundo informações fornecidas ao Page Six, Ye estaria sem dormir e também teria passado por um episódio sério ligado à sua saúde mental.

Os amigos do cantor agora procuram alguém que consiga convencê-lo a procurar ajuda profissional. West foi hospitalizado por problemas de saúde mental no ano de 2016, e, em 2019, afirmou sofrer de transtorno bipolar. 

+++ LEIA MAIS: Kanye West tem redes sociais bloqueadas após comentários antissemitas

Ye tem sido alvo de inúmeras notícias nas últimas semanas. Entre os motivos, estão: colocar uma foto de Kris Jenner, ex-sogra, no perfil do Instagram, usar camisa que diz "Vidas Brancas Importam" na Paris Fashon Week e até uma "solidarização" com o Reino Unido após a morte de Elizabeth II por também ter "perdido sua rainha" após divórcio com Kim Kardashian

No último sábado (8), o artista teve suas contas no Twitter e Instagram bloqueadas após comentários antissemitas em publicações. A medida ocorreu logo após o posicionamento do rapper no Paris Fashion Week.

+++ LEIA MAIS: Kanye West explica motivo de colocar Kris Jenner no perfil do Instagram: 'Mudar a narrativa'

Conforme apurado pela Variety, não foi informado qual publicação do músico resultou nas restrições. No entanto, Ye havia feito uma publicação na qual mostrava uma mensagem enviada ao rapper Diddy com conteúdo considerado antissemita, segundo porum grupo de advogados judeus - que denunciaram o post.