As 3 melhores (e 3 piores) famílias em Harry Potter

Para além dos feitiços, o público também pode ver como eram as relações familiares dos personagens

Redação Publicado em 28/03/2020, às 09h30

None
Harry Potter e a Pedra Filosofal (Foto: reprodução)

Os filmes de Harry Potter conquistaram facilmente os espectadores que já acompanhavam os lançamentos dos livros de J. K. Rowling. Diante das telas de cinemas e das páginas, os fãs do menino que sobreviveu viram o universo bruxo ganhar vida por meio de feitiços, criaturas mágicas e o grandioso castelo de Hogwarts.

Para além dos encantos, o público também pode ver como eram as relações familiares dos personagens - sejam ela boas ou tensas. 

+++ LEIA MAIS: Bruxos no dentista? 9 questões mal resolvidas do universo de Harry Potter [LISTA]

Com isso em mente, o site ScreeRant selecionou as 3 melhores - e 3 piores - famílias em Harry Potter. Confira a lista:


Melhores:

Os Granger

Apesar da família Granger não aparecer muito - além de Hermione -, percebemos pelo jeito da jovem bruxa como é a relação dela com os pais. A personagem demonstra ser uma pessoa autêntica, que não abandona os próprios valores de justiça e liberdade.

A bruxa não hesita em expressar a opinião que tem sobre o mundo, ainda mais quando tem que partir para ação para defender a si mesma e os amigos. Ao lado de toda essa determinação incansável, também vemos uma bruxa bondosa e altruísta. Tudo isso é reflexo de como os pais foram espelhos para Hermione.

+++ LEIA MAIS: Os 7 maiores erros de Hermione em Harry Potter - e o que aprendemos com eles [LISTA]


Os Longbottom

Em toda a saga todos os integrantes da família se mostraram leais, cuidadosos e carismáticos. Os pais de Neville lutaram com os pais de Harry de forma muito emocionante. O próprio jovem se apresentou como um bruxo corajoso - e, foi educado pela avó.

+++ LEIA MAIS: Por que o rosto de Voldemort, vilão de Harry Potter, é tão desfigurado?


Os Weasley

Provavelmente uma das famílias mais adoradas do público. Os Weasley sempre foram unidos, carinhosos e, mesmo com todas as imperfeições, estão disponíveis para quem precisar.

+++ LEIA MAIS: Qual ator de Harry Potter é mais rico: Robert Pattinson, Daniel Radcliffe ou Emma Watson?


Piores:

Os Malfoy

Os Malfoy são o exemplo claro de que dinheiro não é tudo na educação de um filho. Draco é, primeiro, mimado. Muito além, sempre é pressionado para ser o melhor e seguir os ideais dos pais, mesmo que isso signifique dedicar-se às artes das trevas e Voldemort de modo praticamente suicida. 

+++ LEIA MAIS: Qual ator de Harry Potter é mais rico: Robert Pattinson, Daniel Radcliffe ou Emma Watson?


Os Black

Os pais de Sirius eram bem semelhantes aos Malfoy, mas com uma exceção: eram extremamente maldosos com o mais novo. Parte disso era por ele ser da Grifinória, e não Sonserina, como o resto da família. Carregam em si, também, conceitos de igualdade inaceitáveis para os Black. Sirius foi, literalmente, excluído da vida dos pais. 

+++ LEIA MAIS: Todos os filmes de Harry Potter, classificados do pior para o melhor [LISTA]


Os Dumbledore

Alvo, Aberforth e Ariana eram os três filhos Dumbledore. O primeiro, um gênio; o segundo, recluso e praticamente sem talento; a terceira, mantida em segredo da sociedade por, aparentemente, não ter poderes mágicos.

Na verdade, Ariana era, sim, bruxa; seus poderes estavam ocultos desde o ataque de alguns meninos trouxas - e a vingança do pai contra eles (acabou levando-o para a cadeia). A menina não conseguia lidar com tudo, e “surtou”, não se controlava mais. Os pais levaram ela para um hospital para receber ajuda, ou tentaram educá-la? Não. Preferiram trancafiá-la em casa e fingir que não existia. Nada legal.

+++ LEIA MAIS: As 6 maiores reviravoltas em Harry Potter: Desde Snape bonzinho, até amizade de Dumbledore com Grindelwald


+++ CORONAVÍRUS: DEVEMOS REALMENTE CANCELAR SHOWS E EVENTOS?