Bob Dylan desprezava a música pop, com exceção da Madonna; veja trecho de entrevista de 1991

Na entrevista, músico também falou sobre composição de músicas

Redação Publicado em 28/05/2020, às 12h42

None
Bob Dylan (Foto: Chris Pizzello / AP) e Madonna (Foto: Press Association via AP Images)

Na última terça, 26, para comemorar os 79 anos do Bob Dylan, o site American Songwriter resgatou uma entrevista de 1991 feita com o cantor. Nela, o tópico foi composição de letras, mas um dos destaques da conversa foi sobre Madonna. Dylan disse que desprezava a música pop, com exceção da Rainha do Pop.

Bob Dylan reconheceu o esforço da Rainha do Pop e não poupou elogios à cantora. "Entretenimento pop não significa nada para mim. Nada. Você sabe, Madonna é boa. Madonna é boa, ela é talentosa, ela junta todo tipo de coisa, ela aprendeu a coisa dela", revelou.

+++LEIA MAIS: Lagum, Los Hermanos, Anavitória e mais: como os artistas ajudam produtores, técnicos de som e equipe

Sobre Madonna, Dylan finalizou ao falar sobre ela ter alcançado tanto: "É o tipo de coisa que leva anos e anos da sua vida para você poder fazer. Você precisa sacrificar muito para fazer isso. Sacrifício. Se você quer aumentar, precisa sacrificar muito. É tudo a mesma coisa, é tudo a mesma coisa". 

Em outro momento da entrevista, como lembrado pelo Portal Popline, Bob Dylan comentou sobre o elogio de "maior poeta vivo" que recebeu do cantor Van Morrison. "Os poetas não dirigem carros. Não vão ao supermercado. Poetas não esvaziam o lixo", comentou. Ele disse ainda que os poetas "nem falam ao telefone", "falam com ninguém", "ouvem muito" e que eles "geralmente sabem por que são poetas!", brincou.


+++ VITOR KLEY | A TAL CANÇÃO PRA LUA | SESSION ROLLING STONE