Brian May elogia Rami Malek por detalhe de Freddie Mercury em Bohemian Rhapsody

O músico agradeceu os seguidores do Instagram pelo sucesso da cinebiografia do Queen

Redação Publicado em 06/12/2019, às 09h49

None
Brian May (Foto: Chris Pizzello / AP)

Brian May comemorou o aniversário de um ano do lançamento de Bohemian Rhapsody em um post especial no Instagram. O músico compartilhou um vídeo em que chama a atenção dos seguidores para um pequeno detalhe que o encantou na atuação de Rami Malek.

O vídeo compara o show do Live Aid do Queen na vida real e nos cinemas. Malek reproduz os mesmo gestos e expressões de Freddie Mercury na performance "Bohemian Rhapsody" até mesmo o beijo que o cantor manda para a plateia durante a música. E é este pequeno detalhe que fez o guitarrista do Queen se derreter de amores.

+++ LEIA MAIS: Bohemian Rhapsody' foi escrita por Freddie Mercury como uma mensagem para ex-namorada e melhor amiga Mary Austin?

"É um endosso maravilhoso do trabalho meticuloso de Rami e da equipe que recriaram o clímax do filme. Notem o beijo bem no final - quem reparou nisso antes do filme sair [dos cinemas]?", escreveu May na legenda. Assista o momento aqui.

O músico ainda agradeceu os seguidores pelo sucesso de bilheteria dos filmes e confessou que não imaginava que o filme faria tanto sucesso nos cinemas.

+++ Leia Mais: Por que "Bohemian Rhapsody" não é o maior sucesso do Queen?

"Antes e agora… No ano passado, nesta mesma época, Bo Rhap estava nas telas de cinema - este ano, está em nossas televisões. Nenhum de nós tinha ideia que ele ultrapassaria todos os recordes de bilheteria pelo mundo e levaria felicidade para tantas [pessoas]."

O guitarrista ainda disse que fica impressionado com a nova geração que ouve e celebra o Queen. Ele escreveu: "E, 33 anos atrás, em uma tarde ensolarada do Live Aid, quem de nós saberia que esses momentos - essas notas - no velho estádio de Wembley iriam continuar vivos e alcançar uma nova geração, cujo os pais nem estavam nesse dia? E voltando mais ainda… em 1970… Bom, tudo foi um sonho. Foi uma jornada incrível. Obrigada, pessoal".

Bohemian Rhapsody estreou no dia primeiro de novembro de 2018 e arrecadou mais de US$ 900 milhões em bilheterias. O longa-metragem de Bryan Singer entrou para a lista de 100 filmes mais lucrativos dos cinemas, além de conquistar quatro estatuetas no Oscar.


+++ TRÊS DICAS PARA NÃO SER UM 'SACO DE VACILO', POR HOT E OREIA