Como live-action de Scooby-Doo mudou a vida de James Gunn? Diretor responde

Sucesso até hoje, o live-action de Scooby-Doo ajudou a transformar James Gunn em um dos grandes nomes de Hollywood atualmente

Mariana Rodrigues (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 15/06/2021, às 17h09

None
Scooby-Doo 2: Monstros à Solta (Foto: Warner Bros. / Divulgação)

O live-action de Scooby-Doo (2002) é um dos mais queridos pelos fãs da animação e, até hoje, faz muito sucesso entre o público. No entanto, o diretor James Gunn, atualmente um dos grandes nomes de Hollywood, não esperava toda essa repercussão na época do lançamento.

De acordo com Omelete, em comemoração aos 19 anos do filme, relembrou o lançamento do longa em publicação no Twitter: "Para mim, foi um dia angustiante. Nunca estive envolvido com um filme mainstream e sabia como minha carreira seria incrivelmente afetada pela performance dele. As primeiras críticas eram ótimas - então estava muito animado inicialmente. Seria parte de um sucesso!"

+++ LEIA MAIS: O que esperar do especial de Guardiões da Galáxia escrito por James Gunn?

Gunn continuou: "Mas, como o restante das críticas chegaram na quinta e no início da sexta, vi que as primeiras foram uma anomalia... estávamos sendo destruídos. Sim, sabia que o filme não era perfeito e não era exatamente como tinha imaginado, mas ainda achava divertido e as crianças amavam isso."

Desapontado, o diretor dormiu acreditando no fracasso da produção, mas acordou com ótimas notícias. "Na manhã seguinte, fui acordado às 5h30 pelo chefe de produção da Warner, Lorenzo DiBonaventura, dizendo que tínhamos faturado US$ 18 milhões no dia anterior," escreveu.

+++ LEIA MAIS: Esquadrão Suicida 2 será para maiores de idade, diz James Gunn

O sucesso foi tanto que, dois anos depois, Gunn também roteirizou e dirigiu a sequência Scooby-Doo: Monstros à Solta (2004). O primeiro longa lucrou mais de US$ 275 milhões em bilheteria. 

"Não foi apenas um sucesso, foi, naquela época, a maior estreia de um filme em junho de todos os tempos. Foi um mega-sucesso. E em segundos deixei de ser apenas mais um roteirista para um cara com um sucesso e minha vida mudou completamente," concluiu o diretor. 

+++ LEIA MAIS: James Gunn quer processar vice-presidente dos EUA Mike Pence por 'plagiar' Guardiões da Galáxia


+++ URIAS | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL