Como o disco de estreia dos Rolling Stones, lançado em 1964, inovou o rock

O disco The Rolling Stones completa 56 anos nesta quinta-feira, 16 de abril

Redação Publicado em 16/04/2020, às 13h08

None
Capa do disco The Rolling Stones (Foto: Reprodução)

Os Rolling Stones foram um verdadeiro fenômeno cultural capaz de competir com os Beatles e levar o rock and roll para um caminho muito mais subversivo e provocador durante a década de 1960.

De acordo com o site Far Out Magazine, o disco de estreia de Mick Jagger, Keith Richards, Brian Jones, Bill Wyman, Charlie Watts e Ian Stewart, intitulado de The Rolling Stones, é uma grande homenagem ao passado e uma amostra do futuro ao mesmo tempo.

+++ LEIA MAIS: Paul McCartney explica por que Beatles são melhores que Rolling Stones em nova entrevista: ‘Vou concordar com isso’

Lançado há 56 atrás, o álbum gravado em apenas quatro dias e contou com 12 faixas, entre elas, tributos aos músicos Willie Dixon, Jimmy Reed, Bo Diddley e King Cole Trio. O disco também contou com três canções originais: “Little By Little”, “Now I’ve Got Witness” e “Tell Me (You’re Coming Back)”.

Além do som, os músicos também ousaram na capa do disco. Sem títulos chamativos e apenas com uma foto da banda, os Rolling Stones anunciaram uma novo estilo de vida para a juventude rebelde. 

+++ LEIA MAIS: Como George Harrison ajudou os Rolling Stones a assinarem o 1º contrato com uma gravadora?

A descrição do próprio disco dizia: “Os Rolling Stones são mais que música, ele são um estilo de vida [...]  Os Stones acreditam na premissa básica do sucesso da música 'pop' - que seu público compra o som, que é o que eles dão: uma abordagem crua, emocionante e básica do rhythm and blues".

Relembre as canções “Tell Me (You’re Coming Back)” e “Route 66”:


+++ SESSION RS: SCALENE TOCA ASSOMBRA