It: A Coisa 2 tem aprovação de Stephen King: "ele amou", garante a produtora

Em entrevista, o diretor do filme, Andy Muschietti, também falou sobre os principais desafios de fazer a continuação de um filme elogiado

Redação Publicado em 28/08/2019, às 18h26

None
Bill Skarsgard como Pennywise em It: A Coisa 2 (Foto:Reprodução)

O lançamento de It: A Coisa 2 está cada vez mais próximo. O filme estreia nos cinemas nacionais em 5 de setembro e, apesar de alguns comentários polarizados sobre a continuação do elogiado longa de 2017, a expectativa dos fãs de filme de terror que amaram o primeiro está lá em cima.

Em um evento organizado pela Warner, o diretor Andy Muschietti, que assina ambos os capítulos dessa adaptação cinematográfica, falou sobre a nova produção, as diferenças entre cada uma delas e as principais preocupações que sentiu quando começou a fazer a sequência.

O cineasta argentino e também responsável por Mama (2013), contou que o primeiro longa foi mais fácil de fazer, pois o elenco principal contava apenas com crianças, tirando Bill Skarsgard, que interpreta o palhaço Pennywise. Segundo ele, atores-mirins apresentam menos preocupações no set, e por isso os momentos de filmagem são menos desgastante quando comparados ao trabalho com adultos.

+++Leia mais - It: A Coisa 2 ainda nem estreou e já quebra recorde nos EUA

Porém, apesar de mais trabalhoso, o segundo foi mais divertido. Foi também nesse que ele mais conseguiu colocar em prática e mostrar tudo que sabe sobre a arte de fazer cinema, e sobre a obra de Stephen King que levou para as telonas.

Quando questionado sobre a pressão de continuar a história de um primeiro capítulo tão elogiado, Muschietti falou que, na realidade, as preocupações predominantes em sua mente não vinham de como os fãs reagiriam ao novo longa. Ele focou apenas em duas coisas principais: fazer um filme mais assustador, e elevar os aspectos emocionais.

+++Leia mais: Primeiras opiniões sobre It: A Coisa 2 variam entre decepção e elogios a Bill Hader

Sobre esse assunto, Barbara, irmã do diretor e produtora de ambas as obras, que também participou da mesa redonda, aproveitou para se posicionar. "Se você se preocupar o tempo todo com o que os outros pensam, fica paralisado. O Andy tinha uma visão muito clara do que queria fazer, e nós fizemos", disse. E ainda garantiu: "Fizemos o filme que queremos assistir, assim como fizemos no capítulo 1".

Aviso: o resto do texto contém um leve spoiler do filme.

Stephen King, assim como Stan Lee fez em tantos filmes da Marvel, aparece em It: A Coisa 2, em uma cena cômica com o personagem Bill, interpretado por James McAvoy. E quando sugeriu que o autor aparecesse no longa, o cineasta lembra de ter recebido como resposta um email que dizia: "Você tem que levar em consideração que eu sou tipo uma praga. Eu dou má sorte para todos os filmes nos quais apareço."

Mesmo assim, Muschietti decidiu manter o convite e, pelo menos com base na opinião do próprio King, essa maldição foi quebrada. Segundo Barbara, o escritor já assistiu várias vezes à continuação, e amou.

+++ A playlist da Drik Barbosa - De Emicida a Erykah Badu