Pulse

O que aconteceu com o Queen depois da morte de Freddie Mercury?

O mundo inteiro lamentou a perda do lendário vocalista e os seus companheiros pausaram a banda por um tempo

Redação Publicado em 13/08/2019, às 11h18

None
Freddie Mercury (Foto: AP)

Queen é uma das maiores bandas de rock de todos os tempos. As músicas "Bohemian Rhapsody" e "Crazy Little Thing Called Love", por exemplo, se tornaram icônicas e pessoas de todas as idades cantam os versos. 

Formada no início dos anos 1970, Queen era originalmente composto por Freddie Mercury, Brian May, John Deacon e Roger Taylor. Mas antes de serem apresentados para o mundo, May teve várias bandas diferentes, incluindo uma chamada Smile com o Taylor

Mas no momento em que Mercury chegou, a banda decolou. Com isso, recrutaram o baixista John Deacon e mudaram o nome para Queen

Em 1973, assinaram um contrato com gravadora e escreveu músicas como "Killer Queen" e "Stone Cold Crazy" e se tornou incrivelmente popular na Grã-Bretanha e, após sua rápida turnê nos Estados Unidos, se tornou uma das maiores bandas no mundo.

Queen continuou a escrever, gravar e fazer turnês durante os anos 1970 e 1980. Mas no final dos anos 1980, Mercury contraiu AIDS. No entanto, o lendário vocalista do Queen só revelou isso no final de 1991. 

Quando anunciou a doença, Mercury já havia sofrido complicações e o mundo inteiro lamentou a sua morte. A banda ficou sem um líder depois da perda, mas Roger Taylor e Brian May continuaram ativos nos seus projetos solo. 

+++ LEIA MAIS: Vídeo do Queen no Live Aid mostra disputa de egos e rivalidade - nada com visto em Bohemian Rhapsody

Em 2002, o Queen recebeu uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood. A cerimônia deu início à uma redescoberta da banda, com uma nova geração de fãs começando ouvir as  canções incríveis.

Alguns anos depois, eles fizeram alguns shows com o cantor Paul Rodgers que assumiu como vocalista. Um álbum com Rodgers chegou a ser lançado em 2008, mas no ano seguinte, a banda se separou do músico. 

+++ LEIA MAIS: Queen como heavy metal: Brian May fala de música que ajudou a formar o estilo

Em 2012, o Queen ganhou força novamente. O grupo se reuniu com Adam Lambert que certamente tinha a mesma vibe e carisma que Freddie Mercury, mas ele trouxe um estilo próprio para a banda. Na sequência, começaram uma turnê juntos, intitulada de Queen + Adam Lambert que vem dado muito certo. 

+++ LEIA MAIS: Brian May diz que Adam Lambert pode "fazer mais" que Freddie Mercury

Em 2018, quando a cinebiografia do Queen chegou aos cinemas, mais jovens foram apresentados ao estrondoso sucesso do grupo. 

Por serem uma força poderosa na indústria desde a década de 1970, o Queen provou que eles têm a capacidade de se adaptar e ter força para superar os desafios do tempo. 

+++ LISTA: 13 segredos de 'Ladrão', o terceiro disco do Djonga e um dos melhores de 2019