Por que James Gunn preferiu não usar fundo verde para lutas em Esquadrão Suicida?

"O CGI é importante. Mas usei efeitos práticos sempre que possível", escreveu o cineasta

Redação Publicado em 05/03/2020, às 14h09

None

O cineasta James Gunn, que assumiu as rédeas de Esquadrão Suicida 2, explicou a decisão de usar mais efeitos práticos na produção do filme, em vez de CGI (conhecida também como tela verde).

Quando Gunn foi demitido da franquia de Guardiões da Galáxia, ele entrou para a equipe da DC Comics e disse que não fará uma sequência do Esquadrão Suicida de 2016, amplamente criticado pelo público.

+++ LEIA MAIS: Aves de Rapina: bombas de glitter ofuscam homens idiotas e exaltam Arlequina como dona de Gotham [ANÁLISE]

Ainda assim, muitos atores reprisam os papéis do primeiro filme, incluindo Margot Robbie, Joel Kinnaman, Jai Courtney e Viola Davis. Novas adições ao elenco incluem Taika Waititi, Idris Elba, John Cena, Nathan Fillion, Storm Reid e Peter Capaldi.

Gunn havia mencionado que Esquadrão Suicida 2 usará roupas e efeitos práticos em vez de CGI. Na última quarta, 4, ele publicou uma série de tuítes que complementam a afirmação, além de elogiar as pessoas que trabalharam ao lado dele no filme, da figurinista Judianna Makovsky ao coordenador de pirotecnia Dan Sudick. "Sou eternamente grato aos artistas de efeitos visuais que trabalharam nos meus filmes", ele escreveu.

+++ LEIA MAIS: James Gunn responde se Batman de Robert Pattinson estará em Esquadrão Suicida 2 

Veja os posts abaixo: 

 "O CGI é importante. Mas usei efeitos práticos sempre que possível com o #TheSuicideSquad - incluindo os maiores e mais belos cenários de Beth Mickle, locais reais, figurinos reais de Judianna Makovsky, pirotecnia de Dan Sudick, efeitos protéticos de Legacy e mais."


"A diferença de custo depende em partes do que você está fazendo e da qualidade do trabalho. O prático barato é mais barato que o CGI barato, mas o CGI barato pode ser mais barato que o prático de alta qualidade. E você simplesmente não pode criar de forma prática uma, digamos, mariposa em tamanho real."

 
"Eu também. Espero por Deus que não pareça negativo em relação ao CG, que pode ser bonito, espetacular e necessário; Sou eternamente grato aos artistas de efeitos visuais que trabalharam nos meus filmes. Isso não depende apenas da pós-produção para fazer o trabalho que deve ser feito na produção."

+++LEIA MAIS: Esquadrão Suicida: conheça o Homem das Bolinhas, o mais estranho vilão do Batman que estará no novo filme


+++ KAROL CONKA NO DESAFIO 'MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO'