Pulse

Qual é o álbum dos Beatles com mais músicas de George Harrison?

Em um momento da carreira do icônico quarteto, não houve como questionar a maturidade das composições do guitarrista

Redação Publicado em 10/08/2019, às 16h00

None
George Harrison (Foto: AP)

Com o passar dos anos, George Harrison foi considerado por grande parte dos fãs do icônico quarteto como o "Beatle tranquilão". Todos adoravam o estilo, os sons de guitarra e suas participações nas composições, começando por "Don't Bother Me", escrita em 1963. 

Essa música apareceu no segundo álbum de estúdio dos Beatles. Em 1960, as habilidades de George como compositor haviam crescido a ponto de uma das suas músicas "Taxman" ter dado luz ao clássico disco Revolver, de 1966. A partir dai, George Martin, produtor dos Beatles, definitivamente passou a acreditar no potencial de Harrison

+++ LEIA MAIS: Abbey Road ou Let It Be? Qual foi o último disco dos Beatles?

Embora ainda existisse algumas questões técnicas, não havia como questionar a maturidade das composições do beatle em 1966. Suas meditações e descobertas musicais foram capazes de expandir o repertório da banda e tornaram os Beatles cada vez mais fortes. 

Enquanto em Revolver foi um grande álbum para Harrison, sua participação em Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band ficou restrita à uma faixa. Mas no ano seguinte, o The White Album, teve quatro músicas escritas por ele, sendo assim, a maior participação entre todos os outros álbuns dos Beatles.  

+++ LEIA MAIS: Por que John Lennon não aceitou criar nova banda com George Harrison depois dos Beatles?

Por ser um disco duplo, há quatro músicas escritas e cantadas por ele. No lado A, por exemplo, os fãs ganharam uma das melhores composições da carreira de Harrison. "While My Guitar Gently Weeps", se destacou por várias razões. Uma delas é pelo tom impecável da estrutura musical e vocal que foi apresentada por um astro convidado na guitarra principal, Eric Clapton.

No lado B, Harrison chega com "Piggies" e "Long, Long, Long" que encerra o lado 3. No quarto lado do The White Album, ele aparece mais uma vez em "Savoy Truffle". 

+++ LEIA MAIS: Por que George Harrison se sentia sufocado por Paul McCartney nos últimos anos dos Beatles?

As três músicas no Revolver também foram um ponto alto de Harrison. Mais uma vez, tivemos seu distanciamento dos solos de guitarra, neste caso, para Paul, em "Taxmen". 

Em "Love You To", a segunda faixa de Harrison em Revolver, mostrou o trabalho que ele estava fazendo com os instrumentos indianos, e foi provavelmente um grande choque para os fãs da banda. 

A terceira faixa foi o groove "I Want to Tell You", que deu a ele mais de 20% do espaço do álbum. Mas é claro que é possível argumentar que o seu melhor trabalho veio de Abbey Road. Quando Harrison mostrou aos seus companheiros as clássicas canções "Here Comes the Sun" e "Something".

+++ LEIA MAIS: LISTA: 13 segredos de 'Ladrão', o terceiro disco do Djonga e um dos melhores de 2019