Ciborgue quase foi esquartejado em Liga da Justiça de Zack Snyder - mas Ray Fisher não deixou; entenda

Com um dos personagens de maior destaque no filme de Zack Snyder, ator foi demitido da DC após polêmicas com o presidente, Walter Hamada

Gabriela Piva (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 20/04/2021, às 13h44

None
Ciborg em Liga da Justiça. (Foto: Divulgação/Warner Bros.)

Ray Fisher, Ciborgue em Liga da Justiça de Zack Snyder (2021), foi demitido da saga após polêmicas com o presidente da DC, Walter Hamada. Em entrevista à Empire (via CinemaBlend), falou sobre injustiças contra o personagem e cenas com o vilão Lobo de Estepe (Ciarán Hinds).

Nas versões de 2017 e 2021, a Liga da Justiça enfrenta Lobo de Estepe. Apesar da batalha final deZack Snyder mostrá-lo arrancando a perna de Ciborgue, o embate seria pior: o herói seria completamente esquartejado. Ray Fisher foi contra a ideia e, em entrevista à revista Empire, contou:

+++LEIA MAIS: Liga da Justiça ficou horrível depois de Snyder sair, revela Ben Affleck: ‘Problema atrás de problema’

“Se não fosse tão bem recebido no começo, não me sentiria à vontade para falar sobre circunstâncias como essas. Porém, precisei agir. Não era legal tirar membro por membro de um homem negro, quem aguentou diversos traumas físicos.”

A relação do ator com a equipe de Liga da Justiçanão foi tão boa: recentemente, revelou bastidores da obra e um embate com o diretor Joss Whedon. Fisher acusou o cineasta de maus-tratos e a produção de conivência. A Warner Bros. segue com investigações sobre o caso.

+++ LEIA MAIS: Polêmica em Liga da Justiça: Warner afirma que Ray Fisher não cooperou com as investigações após denunciar ambiente tóxico no set

O filme está disponível para alugar na Apple TV, Sky, Google Play, Vivo TV por R$ 49,90.

+++ HAIKAISS | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL