Site diz que Ozzy Osbourne está no leito de morte e filha Kelly Osbourne rebate: 'Às vezes, a imprensa me dá nojo'

Fontes do site informam que saúde do Príncipe das Trevas piorou e ele não reconheceria mais os familiares

Redação Publicado em 02/01/2020, às 10h06

None
Ozzy Osbourne (Foto: AP Photo / Henry Ray Abrams)

Fontes do site RadarOnline.com dizem que o estado de saúde de Ozzy Osbourne piorou muito nos últimos dias e que o artista estaria no leito de morte. O artigo revela que Ozzy estaria sentindo "dores agonizantes" e que sequer não reconhecia mais os próprios familiares.

+++LEIA MAIS: Ozzy Osbourne, The Killers, Cardi B e mais: 22 discos que podemos esperar em 2020 [LISTA]

Horas depois da notícia se espalhar, a filha de Ozzy, Kelly Osbourne, usou o Instagram para desmentir a história.

"Ozzy está sentindo uma dor crônica", teria dito uma fonte anônima ao RadarOnline.com. "Ele está tão mal que sequer percebeu que Sharon [Osbourne, esposa e empresária de Ozzy] não estava com ele.

+++ LISTA: Ozzy Osbourne, Marilyn Manson e mais: As 25 melhores músicas de metal de 2019 

O texto explica que as dores sentidas por Ozzy são decorrentes do acidente sofrido por ele em 2003. E que, em 2019, novos traumas levaram o Príncipe das Trevas a esse estado de saúde - que, inclusive, o obrigaram a cancelar as datas da turnê mundial.

+++ LEIA MAIS: As 9 coisas mais bizarras que Ozzy Osbourne já fez [LISTA]

No Instagram, Kelly fez questão de desmentir os boatos - até o momento da publicação deste texto, Sharon Osbourne não se pronunciou sobre o assunto. Em um story, Kelly disse ter passado a tarde com o pai.

"Saí para almoçar com a minha família e depois passei o resto do dia rindo com meu pai. Ao chegar em casa, li um artigo doentio sobre ele estar em seu 'leito de morte', às vezes a imprensa me dá nojo", escreveu ela.

Neste ano, apesar das questões de saúde, que incluíram infecções, mais uma queda e pneumonia, Ozzy Osbourne gravou um hit com o trapper Post Malone, chamado "Take What You Want", e lançou as músicas solo, "Under the Graveyard" e "Straight to Hell", sem o Black Sabbath.


+++ CORUJA BC1: 'FAÇO MÚSICA PARA SER ATEMPORAL E MATAR A MINHA PRÓPRIA MORTE'