Filho de Trump chama Brad Pitt de ‘elitista presunçoso’ por discurso no Oscar 2020

Vencedor como Melhor Ator Coadjuvante por Era Uma Vez em... Hollywood fez piada com processo de impeachment do presidente dos EUA

Redação Publicado em 12/02/2020, às 15h34

None
Brad Pitt (Foto: Jordan Strauss / Invision / AP)

Eric Trump, um dos filhos do presidente dos EUA, criticou no Instagram nesta semana o discurso de Brad Pitt no Oscar 2020 (que fazia piadas com o político). O astro ganhou a categoria Melhor Ator Coadjuvante por Era Uma Vez em… Hollywood no domingo, 9. 

O filho Trump comentou sobre a audiência baixa do Oscar 2020 - 23.6 milhões de pessoas, ao contrário dos quase 30 milhões de 2019. “Provavelmente, porque os americanos não gostam de ouvir sermão de elitistas presunsoço. A elegância se perdeu e os americanos tiraram essas pessoas de sua casa.”

+++ LEIA MAIS: Brad Pitt ganha primeiro Oscar como ator e homenageia Tarantino: 'Você é original e único'

Depois de pegar a estatueta, Pitt brincou com o processo de impeachment de Donald Trump: “Me disseram que eu só tenho 45 segundos aqui, o que é 45 segundos a mais do que o Senado deu a John Bolton esta semana,” comentou, lembrando que o órgão dos EUA proibiu o homem de testemunhar no processo de impeachment do presidente.

O ator também teve tempo de fazer piadas com Tarantino, diretor de Era Uma Vez em… Hollywood, e o processo: “Acho que talvez Quentin faça um filme sobre isso e, no final, os adultos fazem a coisa certa.”

+++ LEIA MAIS: Robert Pattinson é o homem mais bonito do mundo de acordo com equação da Grécia Antiga; Brad Pitt é o 4º [LISTA]

Apesar das piadas, Pitt não poderia fazer crítica maior: “Fiquei realmente desapontado com isso. Quando sacanagem no jogo ganha da coisa certa, é triste. E não acho que devíamos deixar isso passar… Falo muito sério.” 

+++ A MALDIÇÃO DO CORINGA, COM JOAQUIN PHOENIX, HEATH LEDGER, JACK NICHOLSON E MAIS: