Jane Fonda critica Bolsonaro por acusações a Leonardo DiCaprio: "patético"

A estrela também é ativista em favor das causas ambientais, e acredita que presidente "permite queimadas na Floresta Amazônica em troca de dinheiro"

Redação Publicado em 13/12/2019, às 18h23 - Atualizado às 18h56

None
Jane Fonda (Foto: Jordan Strauss/ Invision/ AP)

Jane Fonda, atriz em Grace and Frankie, da Netflix, criticou o presidente Jair Bolsonaro em entrevista à Veja, publicada nesta sexta, 13. A estrela, que também é ativista, reprovou Bolsonaro pelas acusações feitas a Leonardo DiCaprio: "Patético, risível, uma piada". 

No dia 29 de novembro, Bolsonaro culpou o ator Leonardo DiCaprio pelas queimadas na Amazônia. O presidente brasileiro faz uma transmissão ao vivo no Instagram na qual ironizou doações supostamente feitas pelo astro para a ONG WWF-Brasil - responsável, segundo Bolsonaro, por incêndios criminosos na floresta.

+++ LEIA MAIS: Leonardo DiCaprio doará US$ 5 milhões para ajudar combater incêndios na Amazônia

Segundo Bolsonaro, a ONG pagou "R$ 70 mil por foto fabricada de queimada", divulgou a imagem e entrou em contato com DiCaprio, que "fez doação de US$500 mil". O presidente também complementou: “Leonardo DiCaprio, você está colaborando com as queimadas na Amazônia".

Para Jane Fonda, Bolsonaro "permite queimadas na Floresta Amazônica em troca de dinheiro" . Além disso ela caracterizou como "ridículo culpar Leonardo DiCaprio e os ambientalistas". A atriz também deu um recado para o povo brasileiro: "Vocês vão superar isso. Assim como nós, americanos, conseguiremos superar esse período com Donald Trump".

+++ LEIA MAIS: Nova HQ do Batman faz alusão a Bolsonaro com tuíte de personagem chamado JM Bozo

Aos 81 anos, Jane Fonda - consagrada no cinema - é conhecida também pelo ativismo. Atualmente ganhou notoriedade pela luta a favor das questões ambientais, e foi presa quatro vezes em 2019 durante atuação pela causa


+++ FRANCISCO EL HOMBRE SOBRE RASGACABEZA: 'É UM DISCO INDIGESTO, TOCA EM PONTOS DOLORIDOS E ÍNTIMOS'