O que foi 'We Are The World' e por que marcou a história da música?

Escrita por Michael Jackson e Lionel Richie, a faixa contou com 51 músicos envolvidos no projeto há 35 anos

Redação Publicado em 28/01/2020, às 17h18

None
Gravação de "We Are the World” (Foto: Divulgação)

Em 28 de janeiro de 1985, a gravação da música "We Are the World” acontecia na Califórnia. Escrita por Michael Jackson e Lionel Richie, a faixa foi dedicada às vítimas da fome na África.

Na gravação, artistas como Stevie Wonder, Tina Turner, Billy Joel, Bruce Springsteen, Cyndi Lauper e Bob Dylan participaram da ação. No total, foram 51 músicos envolvidos no projeto.

+++ LEIA MAIS: De Bruce Lee a Michael Jackson: As 13 celebridades que mais lucraram após a morte entre 2010 e 2019

A canção foi lançada em 7 de março de 1985 e ela se tornou o single mais rapidamente difundido na história da música pop.

As vendas alcançaram 7 milhões de cópias apenas no país norte-americano. Todo o lucro arrecadado com a música - cerca de US$ 147 milhões - foi destinado para ajuda humanitária.

+++ LEIA MAIS: Amy Winehouse, Bob Dylan e mais: 8 cinebiografias em produção após o sucesso de Bohemian Rhapsody [LISTA]

Vale lembrar que o USA for Africa, como também ficou conhecido, se inspirou no Live Aid de 1985organizado pelo músico irlandês Bob Geldof. Neste festival, o Queense apresentou.

Em 2010, "We Are the World” foi regravada com o objetivo do lucro ser revertido às vítimas do terremoto no Haiti. Na nova versão, lendas como Brian Wilson, Barbra Streisand e Tony Bennett foram até o Henson Studios, em Los Angeles, para cantar com Will.i.am, Jonas Brothers, Justin Bieber, Kanye West e Pink.

Ouça a música original:

Ouça a versão regravada:


+++ MELHORES DISCOS BRASILEIROS DE 2019 (PARTE 2), SEGUNDO A ROLLING STONE BRASIL