Ouça a bateria magnética (e isolada) de Ringo Starr em 'Come Together', clássico dos Beatles

A faixa é uma das favoritas entre fãs do Fab Four e provam a precisão criativa do músico

Redação Publicado em 07/06/2020, às 13h00

None
Capa do disco Abbey Road, dos Beatles (Foto: Reprodução)

Ringo Starr foi um baterista incrível para os Beatles - mais do que você pensa. Ao longo dos anos, os fãs do Fab Four ouviram piadas sobre o músico e a ideia de que ele não é um bom baterista foi associada a um boato que John Lennon, ao ser perguntado em entrevista se o companheiro de banda era o melhor baterista do mundo, respondeu com um risinho: "Ringo não era nem o melhor baterista dos Beatles". Isso nunca aconteceu, porém, é o que muitos ainda acreditam. 

+++ LEIA MAIS: Durante a gravação da música favorita dele dos Beatles, Ringo Starr se sentiu 'possuído'; entenda

Se você separar um tempo para revistar as faixas de bateria isoladas de algumas das melhores músicas dos Beatles, você não só encontra Starr, como também a evolução incrível dele como baterista. "Come Together", por exemplo, sempre teve o próprio charme, mas se observamos com atenção grande parte desse feito vem do estilo único do baterista. 

Famoso por criar batidas e ritmos, que não eram apenas fundamentais, como permitiam que Paul McCartney, Lennon e George Harrison pudessem viajar nas próprias sutilizas experimentais. 

+++ LEIA MAIS: Paul McCartney e Ringo Starr se juntam em show para reviver músicas clássicas dos Beatles; assista

A faixa, escrita principalmente por Lennon, chegou no topo das paradas nos Estados Unidos e ficou em 4º lugar no Reino Unido. Até hoje, é conhecido como um dos melhores singles da banda.

Resgatado pela Far Out Magazine, ouça abaixo o registro da bateria isolada de Starr e se encante, mais uma vez, com a precisão criativa do artista:

+++LEIA MAIS: Por que John Lennon detestava ‘Let It Be’, de Paul McCartney? ‘Nada a ver com os Beatles’


+++ VITOR KLEY | A TAL CANÇÃO PRA LUA | SESSION ROLLING STONE