Por que Ringo preferia tocar as músicas de John Lennon e não as de Paul McCartney?

Em entrevista, o baterista dos Beatles revelou a razão da empolgação ao tocar as faixas escritas por Lennon

Redação Publicado em 16/01/2020, às 12h34

None
John Lennon e Ringo Starr (Foto: PA/AP Images)

Em uma entrevista publicada no Anthology, Ringo Starr disse que geralmente preferia tocar as músicas que John Lennon escreveu àquelas escritas por Paul McCartney. Para ele, as músicas de Lennon era "um pouco mais rock n'roll".

Enquanto McCartney escrevia músicas como "Good Day Sunshine" e "Rigby" para o Revolver, Lennon deixava o próprio som cada vez mais pesado como nas faixas "Rain" e "Tomorrow Never Knows". E esse era o tipo de coisa de Starr gostava de tocar na bateria. 

+++LEIA MAIS: Em novo disco, Ringo Starr reuniu todos os Beatles ao gravar cover de John Lennon ao lado de Paul McCartney

É claro que o McCartney também teve momentos. Em "Helter Skelter", você consegue ouvir Starr gritando em uma mistura de dor e satisfação. "Estou com bolha nos dedos". 

Em Anthology, Starr comentou sobre como a parceria entre Lennon-McCartney começou a seguir caminhos diferentes no final dos anos 1960. "Cerca de 80% das músicas escritas separadamente".

+++ LEIA MAIS: Ringo Starr disse que "não sabia o que fazer" quando soube da morte de John Lennon

Segundo Starr, ele não precisava esperar pelos créditos do disco para saber qual faixa veio de qual colega da banda. "Eu sabia quais eram as músicas de John". 

"Eu sempre preferi tocar as dele. Elas sempre tinham um pouco mais de rock n'roll". 

Para Starr, Lennon John foi responsável por escrever as músicas favoritas dos Beatles de todos os tempos. "Rain", era a faixa favorita do baterista. "Está entre os melhores trabalhos de John". 

+++ LEIA MAIS: Cocaína e problemas técnicos - a última gravação de Paul McCartney e John Lennon

Em outras ocasiões, ele também apontou "Yer Blues" como um dos pontos altos nos tempos de Beatles.

"Yer Blues, não dá pra superar isso", disse Starr em Anthology.


+++ CORUJA BC1: 'FAÇO MÚSICA PARA SER ATEMPORAL E MATAR A MINHA PRÓPRIA MORTE'