Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Margareth Menezes revela que nunca se imaginou como Ministra da Cultura; 'estou recebendo uma missão'

Durante a cerimônia de premiação do WME Awards by Music2, Margareth Menezes foi homenageada e falou sobre o cargo de Ministra da Cultura

Redação Publicado em 23/12/2022, às 10h25 - Atualizado às 10h58

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Margareth Menezes (Foto: Vitor Brian/Getty Images)
Margareth Menezes (Foto: Vitor Brian/Getty Images)

A cantoraMargareth Menezes foi anunciada como ministra da Cultura do governo do presidente eleito Lula (PT)e homenageada na última quinta-feira, 22, durante a premiação WMEAwards by Music2 em São Paulo.

Em discurso, a artista afirmou que não imaginava se tornar responsável pela cultura no país.

"Eu quero agradecer por estar recebendo essa homenagem nesse prêmio tão importante. Eu estou recebendo uma missão que nunca imaginei na minha vida. É possível, sabe? Mesmo sem a gente esperar. Não sou eu, somos nós que estamos lá para levantar essa cultura do Brasil, refazer e colocar no lugar que ela merece", destacou a baiana (via Uol Splash).

Participaram da homenagem, Daniela Mercury, Paula Lima e Alcione.

"Mulher solidária, inteligentíssima, politizada, que me orgulha muito, uma mulher corajosa, que lutou contra o fascismo, luta pela natureza, crianças, inclusão e contra o racismo e qualquer tipo de discriminação," disse Daniela Mercury

No palco, Margareth apresentou algumas das suas músicas mais conhecidas, entre elas "Dandalunda", "Faraó" e "Terra Aféfé". A noite terminou com uma festa e gritos de "ministra".

Ministério da Cultura

Uma das vozes mais potentes da música baiana, Margareth Menezes recebeu convite para comandar Ministério da Cultura do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que assumirá terceiro mandato em 2023 - e fica no cargo até 2026. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da artista (via G1).

+++LEIA MAIS: Janja anuncia Pabllo Vittar e Duda Beat em show da posse de Lula

Vale lembrar como, durante governo de Jair Bolsonaro (PL), Ministério da Cultura (assumido por Mario Frias e Regina Duarte no período) foi dissolvido e passou a ser secretaria especial do Ministério do Turismo, comandado por Carlos Alberto Gomes de Brito. Agora, Lula promete devolver o status de ministério.

Além disso, Margareth Menezes é uma das pessoas que participa do governo de transição. Esposa de Lula, Janja apoia a cantora como comandante da pasta a partir de 2023. Como G1 relatou, Emicida, Marieta Severo e Lázaro Ramos também foram cogitados.