James Gunn explica crítica a Martin Scorsese: 'Discordo dele solenemente em um ponto'

Diretor da Marvel e DC, James Gunn demonstrou admiração por Martin Scorsese após ganhar repercussão por uma crítica ao diretor de O Irlandês

Julia Harumi Morita Publicado em 05/08/2021, às 10h23

None
James Gunn (Foto: Stuart C. Wilson/Getty Images) e Martin Scorsese (Foto: Kevin Winter / Getty Images)

James Gunn usou as redes sociais para explicar sua recente crítica a Martin Scorsese, a qual ganhou grande repercussão na mídia. O diretor da Marvel e DC deixou claro que discorda do colega em "solenemente em um ponto." (Via Omelete)

A polêmica começou quando Gunn participou do podcast Happy Sad Confused e foi questionado sobre os comentários negativos de Scorsese sobre os filmes da Marvel, os quais provocaram um debate sobre o que é cinema em 2019.

+++ LEIA MAIS: 'Cada vez mais entediantes', diz James Gunn sobre filmes de super-heróis

O próprio apresentador Josh Horowitz compartilhou a fala de Gunn em um vídeo no Twitter.
"É infelizmente cínico que ele tenha ficado atacando a Marvel, e que isso tenha sido a única coisa que deu cobertura de imprensa para o filme dele. Ele está criando o filme dele na sombra dos filmes da Marvel, então usa isso para conseguir atenção para algo que não estava rendendo tanta atenção quanto ele gostaria," disse o diretor de Guardiões da Galáxia(2014).

Algumas horas depois, Horowitz publicou: "Só para constar, eu não estava tentando iniciar uma guerra entre dois diretores que admiro. Se você assistir /ouvir, há muito mais nuances do que muitas dessas manchetes."

Em seguida, Gunn mencionou o comentário de Horowitz e acrescentou: "Também para constar, Martin Scorsese é provavelmente o maior cineasta norte-americano vivo. Eu amo e estudo seus filmes e continuarei amando e estudando seus filmes. Eu discordo dele solenemente em um ponto: Que filmes inspirados em quadrinhos não são cinema, é isso."


+++ FIUK: 'TENHO ROCK NA VEIA DESDE CRIANÇA' | ENTREVISTA | RS