Sgt. Pepper’s, dos Beatles, será novamente remixado para o áudio espacial no Apple Music

Versão de áudio espacial do Sgt. Pepper’s, disco dos Beatles, será remixada novamente

Brian Hiatt | Rolling Stone EUA. Tradução: Mariana Rodrigues | (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 28/07/2021, às 19h15

None
Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band (Foto: Reprodução /Twitter)

As playlists de áudio espacial no Apple Music destacaram o som surround do Dolby Atmos da mixagem de Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band desde o lançamento em junho, mas os fãs dos Beatles não deveriam se apegar demais a essa versão do disco. 

Produtor Giles Martin, quem esteve supervisionando os remixes e reedições dos clássicos dos Beatles em formato estéreo e surround, não está muito feliz com a mixagem de áudio espacial do Sgt. Pepper’s e planeja refazer e substituir a versão atual até o final da estação. "Na verdade, vou mudar isso," disse. "Está boa, mas não está certa... Não parece muito certo para mim."

+++ LEIA MAIS: E se os Beatles fossem do rap? 'Eleanor Rigby' ganha versão com batida trap; ouça

A mixagem de Sgt. Pepper’s é de 2017, e naquela época só podia ser apresentada nos cinemas. "Foi, acho, o primeiro álbum mixado no Dolby Atmos," disse Martin. "Gostei da ideia dos Beatles serem os primeiros a fazer algo. É legal que eles ainda podem ser os primeiros a fazer algo."

Mas uma mixagem destinada aos cinemas não necessariamente se traduz em fones de ouvido ou até em sistemas de home theater, então Martin pretende refazê-la "no que chamamos de Dolby Atmos perto de campo, o qual é destinado para consumidores, o oposto do Dolby Atmos do cinema."

+++ LEIA MAIS: O dia em que Paul McCartney e John Lennon encontraram-se pela primeira vez [FLASHBACK]

Martin adiciona que acha a mixagem "um pouco brilhante, um pouco digital. Parece que falta um pouco de baixo e um pouco de peso atrás." Ele está muito feliz, no entanto, com a versão de outro disco dos Beatles disponível em Atmos no Apple Music. "Abbey Road funciona muito melhor como uma mixagem do Atmos, porque é muito próxima a mixagem estéreo, sonoramente," disse.  

Na sessão completa de perguntas e respostas com a Rolling Stone EUA sobre os Beatles e o áudio espacial, Martin também revela como espera que o software de separação de fontes da Abbey Road Studios - o qual permite aos engenheiros derivar faixas separadas e prontas para remix de gravações antigas que podem ter baixo, bateria e guitarra em uma única faixa - melhore o suficiente para poder um dia enfrentar o Rubber Soule Revolver.

+++ LEIA MAIS: Por que John Lennon não achava ‘A Day In The Life’ a melhor música dos Beatles?

Ele revela a filosofia geral para mixagens de som surround: "Acho que o áudio envolvente deve ser uma expansão do campo estéreo, de certa forma. Gosto da ideia de um disco de vinil derreter e você cair nessa."


+++ 15 ANOS DE GISELE BÜNDCHEN NA CAPA DA ROLLING STONE BRASIL | ENTREVISTA