10 coisas que realmente não fazem sentido no final de Game of Thrones, da loucura de Daenerys à traição de Varys, segundo site

Mesmo após um longo ano desde o término da série da HBO, muitos ainda não superaram os furos de roteiro e reviravoltas sem sentido

Redação Publicado em 27/08/2020, às 09h48

None
Kit Harington e Emilia Clarke em Game of Thrones (foto: reprodução HBO)

Sim, já faz mais de um ano desde o controverso final de Game of Thrones, mas vários fãs ainda se sentem traídos pelo desfecho da série da HBO. E com razão. Para uma das séries mais premiadas da história da televisão, a oitava temporada teve mais falhas do que é possível perdoar, na visão do site ScreenRant.

O site especializado lembrou de 10 coisas completamente sem sentido na conclusão de Game of Thrones, para mais uma fez afirmar que a série acabou com 'uma pilha de lixo flamejante com uma tragédia confusa'.


Táticas dos Dothraki

Como os Dothraki achavam que iriam ferir os mortos do Rei da Noite sem fogo? Se não fosse a chegada de Melisandre, os guerreiros não teriam chance alguma na batalha e mesmo com a benção, bater de frente contra um inimigo que não sente medo nem dor foi uma péssima ideia. 

+++LEIA MAIS: Game of Thrones: Sophie Turner agora é dona do Trono de Winterfell também na vida real


O retorno de Melisandre

Melisandre retorna pouco antes da batalha, aparecendo no meio da noite. E curiosamente, ela vem da mesma direção que os Caminhantes Brancos. Presumindo que ela conseguiu cruzar o Norte sem morrer de fome, ser morta pelos zumbis ou sucumbir ao frio, ela ainda não tem como saber quando a batalha está para começar para voltar.

+++ LEIA MAIS: Casada com Joe Jonas, Sophie Turner ‘odiava’ Jonas Brothers - e não pelo motivo que você pensa


O retorno dos Dothraki

Quase todos os Dothraki são mortos durante o Cerco de Winterfell. Todos eles. Este é um ponto importante da trama que é explicitamente reconhecido em diálogos. No entanto, os Dothraki magicamente multiplicam e reaparecem a tempo para o Cerco de Porto Real.

+++LEIA MAIS: Mulheres são apenas peões na indústria cinematográfica, acredita Maisie Williams


Bafo de fogo gelado do dragão zumbi

Quando os Caminhantes Brancos transformaram o dragão Viserion de Dany em um zumbi, o sopro do dragão foi poderoso o suficiente para derrubar a Muralha. Mas durante o Cerco de Winterfell, Jon Snow se agacha atrás de alguns destroços para se esconder do ataque de sopro de Viserion. Como alguns pedaços de rocha são capazes de repelir o sopro do dragão destruidor de muralhas?

+++LEIA MAIS: Maisie Williams foi atingida na cabeça por uma garrafa enquanto gravava nova série, Two Weeks to Live


Traição de Varys

Mesmo com décadas de experiência em política e espionagem, Varys não explica por que decide trair Daenerys e o faz da maneira mais atrapalhada possível, sendo pego e executado. É impossível entender o que levou o personagem a esse fim.

+++ LEIA MAIS:Game of Thrones: Maisie Williams sentiu vergonha do próprio corpo por causa da série


A implicância de Sansa com Daenerys

Sansa e Daenerys brigaram durante a última temporada. Sansa levou o Norte a se separar dos Sete Reinos, uma manobra que foi anulada por Daenerys. Mas, realmente, o maior problema aqui é que Sansa se ressente de Dany dormindo com o irmão Jon.

+++LEIA MAIS: Quem é Príncipe Daemon Targaryen, protagonista do spinoff de Game of Thrones: casado com sobrinha, ótimo guerreiro e malandro

O Rant defende que Sansa é uma agente política muito inteligente neste ponto da série para pensar que ser malicioso com a Mãe dos Dragões é uma boa ideia. Não há nenhuma boa razão para ser esse drama passivo e agressivo de colégio, especialmente quando há preocupações muito maiores.


A loucura de Daenerys

Daenerys superou várias dificuldades e manteve a sanidade. Ela parecia ser resistente à loucura características dos Targaryen. Então pareceu muito forçado, segundo o Rant, a caída dela para a loucura e tirania em três episódios.

+++LEIA MAIS:Game of Thrones: série derivada confirma Targaryen importante como protagonista


A sobrevivência de Sam 

Várias vezes no episódio da Batalha de Winterfell, Sam parece que morre diversas vezes. É injustificável como, apesar de tantas mortes aparentes, ele consegue sair da batalha feroz vivo e bem.

+++LEIA MAIS: 6 motivos para acreditar que série sobre a Casa Targaryen será melhor do que Game of Thrones [LISTA]


Exército Explosivo do Rei da Noite

Quando Arya mata o Rei da Noite com sua lâmina de aço valiriana, é uma reviravolta agradável e surpreendente. Ninguém viu isso chegando. Mas, por alguma razão, quando ele morre, todos os zumbis morrem. Eles explodem como gelo se quebrando e o exército inteiro cai. Isso é, desnecessário dizer, incrivelmente estúpido.

+++LEIA MAIS: The Vow: série documental mostra como culto sexual com atriz Allison Mack de Smallville ganhou Hollywood


Relevância de Bran para o show

Toda a Batalha de Winterfell gira em torno de Bran. Ele é o aparente salvador do mundo e das tropas, mas literalmente não faz nada durante toda a batalha, exceto temporariamente ver através de um bando de pássaros. Então, no final da série, Bran é coroado rei. Porque aparentemente o qualificador mais importante para um bom rei é que eles tenham uma boa história.


+++ XAMÃ: MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO, DE NIRVANA A TUPAC