Pulse

Aaron Paul estava no ponto mais baixo da carreira quando entrou em Breaking Bad: 'Não conseguia pagar as contas'

O ator contou como a vida mudou depois que Vince Gilligan deu uma chance a ele

Redação Publicado em 21/10/2019, às 11h53

None
Aaron Paul em El Camino (Foto: Reprodução Netflix)

Aaron Paul, astro de Breaking Bad, contou que ele quase não conseguiu o papel de Jesse Pinkman, não fosse por VinceGilligan apostar no talento dele.

“Eu sou o primeiro a admitir o quanto eu sou sortudo. Mas foi Vince Gilligan quem me deu uma chance quando, sinceramente, ninguém mais daria”, disse o ator ao The Independent.

+++ LEIA MAIS: El Camino: Aaron Paul responde críticas que classificam o filme como "desnecessário"

"Eu tive vários altos e baixos, e no ponto mais baixo da minha carreira, eu não era capaz de pagar as minhas contas”, confessou Paul. “Eu pensei: ‘O que eu vou fazer?’ E então Vince Gilligan me contratou.”

Porém, a contratação de Aaron Paul para a série foi tão dramática quanto o próprio Breaking Bad, segundo ele. “Ninguém me queria, mesmo depois do teste, ninguém me queria para o papel, e Vince disse: ‘Não, ele é o cara, ele tem que ser o cara.”

+++Leia mais: El Camino: Aaron Paul e Vince Gilligan revelam finais alternativos para o filme

Vince Gilligan estava tão convicto da escolha que “jogou seu trunfo”, contou o intérprete de Jesse Pinkman. “Ele disse ‘eu não vou fazer a série a não ser que ele seja o personagem’. Então, eles disseram ‘tudo bem!’.”

Aaron Paul retornou ao papel que transformou a carreira dele em El Camino - A Breaking Bad movie, longa-metragem exclusivo da Netflix que dá sequência direta ao final da série, e teve um retorno do público superior ao de Coringa, caso o filme tivesse ido para os cinemas.