Amber Heard diz que 'nada' podia tê-la preparado para 2020: 'Grandes adversidades'

A atriz foi alvo de muitas polêmicas ao longo do ano após testemunhar contra o ex-marido, Johnny Depp, no tribunal

Redação Publicado em 17/12/2020, às 10h54

None
Amber Heard (Foto: Evan Agostini / Invision / AP)

Em entrevista recente à Sky News, Amber Heard disse que “nada” poderia tê-la preparado para enfrentar o ano de 2020, que lhe trouxe “muitos desafios” pessoais.

Enquanto promovia a nova minissérie da CBS, A Dança da Morte (The Stand, em inglês), baseada no romance homônimo de Stephen King, a atriz de 34 anos revelou que se viu obrigada a confrontar “circunstâncias inacreditáveis e grandes adversidades.”

+++ LEIA MAIS:  Amber Heard é atacada no Instagram, deleta comentários e é atacada novo por isso

Ela se tornou manchete diversas vezes ao longo do ano após aparecer como principal testemunha no processo de difamação aberto pelo ex-marido, Johnny Depp, contra o jornal The Sun, que o chamou de “agressor de mulheres.”

Em novembro, o juiz londrino Andrew Nicol declarou que as alegações de que Depp foi violento com Heard eram “substancialmente verdadeiras” e encerrou o caso.

O astro de Piratas do Caribe, no entanto, recorreu da decisão, além de processar Heard também nos Estados Unidos por um artigo de opinião que ela escreveu ao Washington Post há dois anos. Se o julgamento for adiante, ambos enfrentarão o circo da mídia novamente.

“Nada poderia ter me preparado para 2020, sejamos honestos”, disse Heard à Sky News. “Não acho que estou sozinha ao afirmar isso. Não acho que nada poderia ter me preparado.”

Anteriormente, ela deu uma declaração fora do tribunal dizendo que foi “incrivelmente doloroso” reviver seu rompimento com Depp, além de ver “detalhes traumáticos e íntimos” da vida dela sendo “transmitidos para o mundo inteiro.”

+++ LEIA MAIS:  Depois de áudio sobre agressão em Johnny Depp, petição para saída de Amber Heard de Aquaman 2 chega a 150 mil assinaturas

A Dança da Morte estreia nesta quinta-feira, 17, nos Estados Unidos. No programa, Heard interpreta a misteriosa Nadine Cross, sobrevivente de um mundo destruído pela peste.

“Não quero interpretar uma personagem que seja fácil de entender ou cujas motivações sejam transparentes. É mais interessante interpretar uma personagem que funcione como muitos de nós, por trás de várias máscaras que vão mudando de acordo com a nossa situação ou com quem estamos lidando”, revelou.

 


+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes!


+++ PÉRICLES: 'QUEREMOS FAZER O NOSSO SOM, MOSTRAR NOSSA VERDADE E LUTAR POR IGUALDADE' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL