Pulse

Qual música do George Harrison não entrou no White Album depois de 100 tentativas?

Not Guilty foi cortada do disco e só apareceu anos depois no projeto solo do guitarrista

Redação Publicado em 23/08/2019, às 12h41

None
George Harrison (Foto: AP)

Para os Beatles, não era fácil apresentar uma música. Nenhum deles soube reagir bem quando algum dos integrantes trazia algo novo para o estúdio pela primeira vez.

George Harrison sabia disso mais do que ninguém. Quando apresentou, por exemplo,  "Only a Northern Son" nas gravações do Sgt. Pepper’s, o guitarrista teve sua música rejeitada pelos colegas de banda e a equipe do estúdio. Disseram que a música era "fraca" e "decepcionante". 

Tanto que Harrison só teve uma participação no disco. No começo da turnê dos Beatles, ele viu como era não ter nenhuma música em um álbum com A Hard Day’s Nighte Beatles for Sale

Então, quando a banda chegou para as sessões de gravação do The White Album, em 1968, Harrison se questionou e para esse disco escreveu "While My Guitar Gently Weeps".

John Lennon e Paul McCartney a ignoraram até o momento em que Eric Clapton apareceu no estúdio para tocá-la. No final das contas, a música recebeu a atenção que merecia e se tornou um clássico. 

+++ LEIA MAIS: O fim dos Beatles: como caprichos e raiva destruíram a maior banda de todos os tempos

Depois de passar quase dois meses na Índia, os Beatles retornaram à Inglaterra em 1968, com várias músicas. Harrison que tinha apresentado três faixas no Revolver em 1966, desta vez, tinha pelo menos seis músicas prontas.

O guitarrista conseguiu quatro de suas músicas para o disco (uma de cada lado) e não chegou a ter uma quinta música, embora a banda tenha se empenhado em gravá-la.

+++ LEIA MAIS: Abbey Road ou Let It Be? Qual foi o último disco dos Beatles?

A faixa em questão é "Not Guilty" e foi cortada depois de mais de 100 tomadas no estúdio. A música ficou esquecida ao lado de uma estranha composição de John Lennon

Porém, mais tarde, Harrison gravou o próprio álbum auto-intitulado em 1978, e tentou "Not Guilty" de novo. Desta vez, ele produziu suas próprias sessões e não precisou se preocupar com tantas coisas. 

+++ LEIA MAIS: Por que George Harrison se sentia sufocado por Paul McCartney nos últimos anos dos Beatles?

Nos anos seguintes, ele apresentou um jazz leve para a música, algo bem anos 1970. Provavelmente os fãs dos Beatles preferirão a original, mas Harrison simplificou os detalhes que causaram problemas para os seus antigos colegas de banda. 

+++ De Djonga a Metallica: Scalene escolhe os melhores de todos os tempos