Afinal, por que Roger Waters saiu do Pink Floyd?

Roger Waters, foi integrante do Pink Floyd ao lado de David Gilmour

Redação Publicado em 29/09/2020, às 19h58

None
Pink Floyd (Foto: Divulgação)

Roger Waters, integrante do Pink Floyd ao lado de David Gilmour, deixou o grupo em 1985. Como relembra o Express UK, o baixista tinha alguns problemas com os outros músicos da banda, o que desgastou a relação de todos os envolvidos.

Em entrevista de 2018 à Rolling Stone EUA, Nick Mason, baterista e integrante original, debateu sobre o relacionamento conturbado de Waters e Gilmour: "Roger não respeita David de verdade. Ele sente que escrever é tudo, e que tocar guitarra e cantar são algo que, eu não direi que ninguém pode fazer, mas que tudo deve ser julgado pela escrita e não pela forma como tocamos”.

+++ LEIA MAIS: A mensagem secreta para Syd Barrett incluída The Wall pelo Pink Floyd

Como relembrou Mason, Gilmour havia se irritado com a atitude do colega ao deixar a banda. David deixou a banda e assumiu que, sem ele, ela iria desmoronar."

"Hesito em ficar muito preso nessa história porque é algo entre os dois e não me inclui”, continuou de Mason. Ao afirmar que tem uma amizade com ambos os músicos, ainda completou: “Acho realmente decepcionante que esses senhores bastante idosos ainda estejam em desacordo”.

+++ LEIA MAIS: Curta-metragem mostra a primeira ‘viagem de ácido’ do fundador do Pink Floyd

Em conversa com a Rolling Stone EUA, David desabafou sobre a saída do colega: "Roger estava cansado de fazer parte de um grupo pop. Ele está muito acostumado a ser o único responsável por sua carreira".

"A ideia de ele entrar em algo que tem qualquer forma de democracia, ele simplesmente não seria bom nisso. Além disso, eu estava na casa dos trinta quando Roger saiu do grupo. Tenho 68 anos agora. É mais de metade de uma vida de distância. Nós realmente não temos mais muito em comum", completou.

+++ LEIA MAIS: Roger Waters toca clássicos subestimados do Pink Floyd em novo vídeo; assista

Entre as disputas da banda, há a disputa judicial pelos direitos do nome da banda que ocorreu em 1987. Recentemente, Waters criticou Gilmour por não incluí-lo no site oficial da banda. Leia aqui


+++ HOT E OREIA: 'VIRAMOS ADULTOS, MAS AINDA BUSCAMOS POR ESSA CRIANÇA DO COMEÇO'