Pulse

Motley Crue quebra contrato de aposentadoria e anuncia turnê para 2020

A banda anunciou aposentadoria em 2015, e voltará aos palcos ao lado de Def Leppard e Poison

Redação Publicado em 18/11/2019, às 18h37

None
Nikki Sixx (Foto: Arthur Mola / Invision / AP)

O Motley Crue divulgou um vídeo nesta segunda, 18, anunciando que fará uma turnê de reunião. Em 2020, a banda fará shows em estádios pelos Estados Unidos ao lado dos grupos Poison e Def Leppard

O anúncio foi feito por Machine Gun Kelly, intérprete de Tommy Lee no filme The Dirt (2019). No vídeo, disse: “não achei que fosse ver este dia, mas os fãs falaram e o Motley Crue ouviu.”

+++ LEIA MAIS: As 10 histórias mais doidas do Motley Crue: loucuras com Ozzy Osbourne e fogo no hotel 

Kelly ainda informou que a banda “vai quebrar o contrato de não fazer turnês” porque os fãs pediam por isso. O vídeo mostra o suposto documento queimando em cima de uma mesa. 

A turnê de despedida do Motley Crue aconteceu entre 2014 e 2015, e contou com 158 shows. (O último foi no dia 31 de dezembro de 2015). Anunciaram, na época, que assinaram um documento que proibiria os integrantes de voltar a turnês da banda.

+++ LEIA MAIS: Rammstein, Motley Crue e o fetiche do rock por brinquedos sexuais 

Foi isso que Nikki Sixx, frontman do Motley Crue, disse à Rolling Stone EUA em 2014. “Legalmente, não podemos mais tocar. O único furo é que se todos os quatro integrantes da banda concordarem, poderíamos quebrar o contrato. Mas isso nunca acontecerá. Tem gente na banda que recusará fazer isso de novo, e você fala com um deles. Não existe dinheiro que me faria desistir, porque tenho orgulho de como encerramos.”

Em fevereiro deste ano, o músico reafirmou que não pretendia voltar com a banda. Apesar disso, o grupo retornará para essa suposta turnê. A Rolling Stone EUAtentou falar com representantes do Motley Crue,Def Leppard e Poison; nenhum retornou contato.

+++ LEIA MAIS: Tommy Lee planeja vingança contra Trump com aborto, ateísmo e imposto para igrejas

Por enquanto, não há informações de datas e nem de locais, e não há indícios que a banda tocará fora dos Estados Unidos. 

Assista ao vídeo do anúncio: