Quem são os piores pais em Harry Potter, saga de J. K. Rowling? (Não são os Dursley) [LISTA]

Tortura, abuso, maldade e exclusão... Os adultos da saga não são os melhores

Redação Publicado em 25/03/2020, às 14h46

None
Daniel Radcliffe em Harry Potter e as Relíquias da Morte pt. 2 (Foto: Reprodução)

Harry Potter perdeu os pais pouco depois de completar um ano. Foi morar com os tios, Petúnia e Walter Dursley. O casal não era bruxo, e maltratava Harry pois sabia que ele era. Em contrapartida, mimavam ao extremo o filho, Duda, a ponto de Dumbledore criticar ambos por “estragarem” o menino.

Mesmo assim, os Dursley não são os piores pais na saga criada por J. K. Rowling. Na verdade, passam longe de serem realmente ruins: vários personagens de Harry Pottersofreram bem mais na mão de pais estranhos.

+++ LEIA MAIS: Os 7 maiores erros de Hermione em Harry Potter - e o que aprendemos com eles [LISTA]

Tortura, xingamentos, opressão e mil outros defeitos: conheça os piores pais da saga Harry Potterde acordo com Screen Rant:

Kendra e Percival Dumbledore

Alvo, Aberforth e Ariana eram os três filhos Dumbledore. O primeiro, um gênio; o segundo, recluso e praticamente sem talento; a terceira, mantida em segredo da sociedade por, aparentemente, não ter poderes mágicos.

+++ LEIA MAIS: Qual ator de Harry Potter é mais rico: Robert Pattinson, Daniel Radcliffe ou Emma Watson?

Na verdade, Ariana era, sim, bruxa; seus poderes estavam ocultos desde o ataque de alguns meninos trouxas - e a vingança do pai contra eles (acabou levando-o para a cadeia). A menina não conseguia lidar com tudo, e “surtou”, não se controlava mais. Os pais levaram ela para um hospital para receber ajuda, ou tentaram educá-la? Não. Preferiram trancafiá-la em casa e fingir que não existia. Nada legal.

Mérope Gaunt e Tom Riddle

Pais de Tom Riddle (ou Lord Voldemort), nenhum dos dois foram realmente bons. Conceberam apenas pois a menina, movida pela paixão, enfeitiçou o moço com uma Poção do Amor. Quando o efeito acabou, Riddle pai abandonou Mérope ainda grávida.

+++ LEIA MAIS: Harry Potter: Como Quirrell dormia se tinha Voldemort na nuca? Daniel Radcliffe explica

A menina bruxa procurou abrigo em um orfanato e morreu ao dar à luz. Não sem antes nomear o filho como Tom Servolo, em homenagem a seu amor (que a abandonou) e ao pai (que abusava física e psicologicamente dela).

Harry Potter

+++ LEIA MAIS: Como incertezas da vida pós-Harry Potter pioraram o alcoolismo de Daniel Radcliffe

Talvez por não ter um modelo, Harry cresceu para ser um pai chatíssimo para seus filhos, James, Alvo e Lily. Principalmente o do meio: em A Criança Amaldiçoada, Harry grita com o menino, briga com ele o tempo inteiro - e ainda parece chateado por ele ter entrado na Sonserina. 

Narcisa e Lúcio Malfoy

+++ LEIA MAIS: 8 livros de fantasia que nunca (nunca, mesmo!) deveriam ter virado filmes: Percy Jackson, Eragon e mais [LISTA]

Os Malfoy são o exemplo claro de que dinheiro não é tudo na educação de um filho. Draco é, primeiro, mimado. Muito além, sempre é pressionado para ser o melhor e seguir os ideais dos pais, mesmo que isso signifique dedicar-se às artes das trevas e Voldemort de modo praticamente suicida. 

Walburga e Orion Black

+++ LEIA MAIS: As 6 maiores reviravoltas em Harry Potter: Desde Snape bonzinho, até amizade de Dumbledore com Grindelwald

Os pais de Sirius eram bem semelhantes aos Malfoy, mas com uma exceção: eram extremamente maldosos com o mais novo. Parte disso era por ele ser da Grifinória, e não Sonserina, como o resto da família. Carrega em si, também, conceitos de igualdade inaceitáveis para os Black. Sirius foi literalmente, excluído da vida dos pais. 

Servolo Gaunt

O pai de Morfino e Mérope - e avô de Voldemort - conseguiu ser ruim de duas maneiras diferentes. A primeira, com o menino: deixava-o fazer o que quiser, inclusive atacar pessoas. Na velhice, Morfino acabou sozinho, pois não conseguia socializar.

+++ LEIA MAIS: As histórias mais odiadas (e polêmicas) de Harry Potter: de Snape ao ‘Harry temperamental’

Para Mérope, era ainda pior. Servolo batia na menina, ameaçava e aterrorizava a tal ponto que ela escondeu os poderes mágicos dentro de si - nem sabia que os possuia. Conseguiu se livrar dele ao casar com Tom Riddle (mas foi tirada da família), mas morreu logo em seguida, depois de uma vida de desgraça.

+++ CORONAVÍRUS: DEVEMOS REALMENTE CANCELAR SHOWS E EVENTOS?