E se Friends, na verdade, foi uma propaganda criada para o Starbucks?

Segundo uma teoria criada em 2017, a série foi pensada especialmente para aumentar o consumo de café da grande marca

Redação Publicado em 16/04/2020, às 14h43

None
Elenco de Friends (Foto: Warner: Reprodução)

Com o isolamento social recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) devido à pandemia de coronavírus, a tão esperada reunião do elenco de Friends foi adiada. Com isso, é natural que os fãs revejam a série para se confortarem durante esse período, dar boas risadas e refletir um pouco sobre as relações humanas. 

Além disso, é claro, alguns fãs ocupam o tempo com algumas teorias malucas sobre a sitcom - e existe uma realmente muito boa. Como resgatado pelo Cheat Sheet, uma teoria criada por Alex Baker, um podcaster, sugere que Friends é apenas um anúncio longo (muito longo) da Starbucks. Embora algumas das evidências sejam um pouco exageradas, é possível encontrar algumas relações. Mas como tudo isso aconteceu?

+++ LEIA MAIS: 6 motivos para acreditar que Joey era a ‘cola’ que mantinha Friends unidos

A teoria surgiu em 2017, quando Baker compartilhou as ideias no Facebook. Para ele, a premissa é de que Friends era uma manobra elaborada para levar o mundo a pensar no café como um item de luxo. A campanha veio como uma criação da Starbucks, segundo ele. 

Para justificar a escolha da marca, ele argumentou que o Starbucks precisava convencer as pessoas a gastar quantias absurdas de dinheiro em café para fazer com que ela parecesse social e moderna. Além disso, ele desenhou vários paralelos com a série. 

Para ele, a conexão entre o Starbucks eFriends é ainda mais profunda do que simplesmente Rachel Green (Jennifer Aniston), Monica Geller (Courteney Cox), Ross Geller (David Schwimmer), Chandler Bing (Matthew Perry), Joey Tribianni (Matt Le Blanc) e Phoebe Buffay (Lisa Kudrow) gostarem de beber café em xícaras gigantes.

A teoria aponta que o sobrenome de Rachelpode estar ligado ao nome da marca e a aparência da personagem também. Na primeira temporada, ela aparece com o penteado ondulado assim como no logotipo da sereia do Starbucks.

+++LEIA MAIS: 8 cenas de Friends que certamente fizeram você chorar - e farão de novo [LISTA]

Mas no final, a série impulsionou a popularidade do fast food de café? Segundo a teoria dele, quando Friends foi ao ar pela primeira vez, em 1994, a Starbucks tinha 425 localizações e, em 2004, o ano em que o episódio final de Friends foi ao ar, eles já possuíam mais de 8.560 lojas. 

Isso significa que foi uma campanha de marketing muito bem elaborada - e durante uma década? Provavelmente não. Mas a teoria é boa. 


+++ SESSION RS: SCALENE TOCA ASSOMBRA