Qual dos Friends mais gastou dinheiro com café no Central Perk?

Ao longo da série, os personagens gastaram muito dinheiro na cafeteria

Redação Publicado em 19/06/2020, às 16h49

None
Friends no Central Perk (Foto: Reprodução)

Os personagens de Friendspassavam tanto tempo no Central Perk que a própria série brincou com a situação quando os amigos se perguntam porque os chefes odeiam eles e Joeyresponde: "Talvez seja porque vocês estão todos aqui [no Central Perk] às 11:30 da quarta-feira!", como lembra o Cheatsheet.

+++LEIA MAIS: 7 motivos para acreditar que Rachel e Joey formavam o melhor casal de Friends [LISTA]

Durante o tempo que passaram no café, um dos amigos gastou muito mais dinheiro com bebidas do que os outros. Pesquisadores do cardschat.com fizeram uma análise aprofundada dos pedidos e valores gastos por cada um dos protagonistas no Central Perk

De acordo com os dados da pequisa, as três mulheres - Phoebe, Rachel e Monica - costumavam pedir cappuccino descafeinado com mais frequência. Ross bebia principalmente chá gelado, Chandler preferia café puro e Joey optava por latte. Mas, qual deles gastou mais dinheiro com pedidos?

+++LEIA MAIS: Friends: Por que quase todos episódios são no apartamento de Monica?

Ao longo de 236 episódios da série, Phoebepediu 226 bebidas, totalizando US $892,70 e ocupa o primeiro lugar da lista de quem mais consumiu na cafeteria. A segunda colocada é Monica, que comprou 200 lattes descafeinado por um total de US $790. Depois está Joey com 189 lattes e um total de US $746.

Na quarta posição está Rachelcom 138 cappuccinos descafeinados e um valor gasto de US $545. Em sequência está Chandler com 212 xícaras de café puro, o que supera Monica na quantidade, por exemplo, mas custa menos e a conta total dele é US $530. Por fim, os 189 chás gelados de Ross custaram US $425. No total, os seis personagens de Friends apoiaram a cafeteria gastando US $4.000 ao longo de 10 anos. 

+++LEIA MAIS: Por que é importante repensar no machismo em séries antigas como Friends e How I Met Your Mother? [ANÁLISE]


+++ A PLAYLIST DO RUBEL