Brad Pitt e Jennifer Aniston poderiam estar juntos - se não fosse o Johnny Depp

O astro de Piratas do Caribe poderia ter estrelado Sr. e Sra. Smith no lugar de Pitt

Redação Publicado em 31/10/2020, às 16h00

None
Jennifer Aniston e Brad Pitt / Johnny Depp (foto: Getty Images: Kevin Winter / Atsushi Tomura)

Brad Pitt e Jennifer Aniston ainda poderiam estar juntos, se não fosse por Johnny Depp? Segundo o site Cheatsheet, uma decisão tomada por Depp sem imaginar os possíveis resultuados foi o que fez Pitt conhecer Angelina Jolie no set de Sr. e Sra. Smith (2005).

Jennifer Aniston já estava casada há 7 anos com Brad Pitt quando o marido recebeu a oferta de estrelar o filme no qual conheceu e começou a se envolver com Angelina Jolie. Meses depois da estreia de Sr. e Sra Smith, o ator se separou da estrela de Friends, em um dos divórcios de celebridades mais notórios de todos os tempos.

+++LEIA MAIS: Johnny Depp não se considera uma ‘celebridade de Hollywood’, apesar de ser uma celebridade em Hollywood: ‘Isso é a morte’

Mas, o que Johnny Depp tem a ver com essa história mesmo? De acordo com informações do ImDb o ator foi a primeira proposta para o papel do espião casado com a personagem de Jolie. O astro de Piratas do Caribe recusou o trabalho, entretanto, por conflitos de agenda.

Seria bem possível que Jolie e Pitt nunca viessem a se conhecer se Depp tivesse aceitado o filme, ainda mais porque diversas biografias não autorizadas de Angelina Jolie dizem que a atriz tinha uma grande queda por Depp, principalmente pelo trabalho dele em Edward Mãos de Tesoura (1990). 


+++ BK' | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL