5 marcos históricos do Oscar 2021: Chloé Zhao, Anthony Hopkins e mais [LISTA]

Diversidade de cor, gênero e idade tomaram conta das principais categorias da premiação

Marina Sakai (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 11/05/2021, às 19h42

None
Chloé Zhao (Foto: Divulgação / Taylor Jewell / Invision / AP) / Anthony Hopkins em Meu Pai (Foto: Divulgação/Lionsgate)

Na maioria dos anos, a cerimônia do Oscar traz surpresas e quebra de recordes com os indicados e vencedores. Em 2021, a lista de artistas impressionou pela diversidade: pela primeira vez, duas mulheres foram indicadas à Melhor Direção. Além disso, Riz Ahmed e Steven Yeun se fizeram presentes na categoria de Melhor Ator como primeiro mulçumano e asiático, respectivamente.

Relembre outros cinco marcos do Oscar2021:

+++LEIA MAIS: Confira os melhores momentos do Oscar 2021 [LISTA]

Chloé Zhao

Com Nomadland (2020), o Melhor Filme do Oscar 2021,Chloé Zhao fez história ao ser a primeira mulher a receber quatro indicações. Também foi a primeira mulher não branca a ganhar Melhor Direção; a única outra representante do gênero feminino na mesma categoria foi Kathryn Bigelow, quem venceu na categoria por Guerra ao Terror (2008).

Judas e o Messias Negro

O filme sobre o Partido dos Panteras Negras e protagonizado por Daniel Kaluuya e Lakeith Stanfield foi o primeiro vencedor do Oscar com uma equipe de produção formada apenas por negros.

+++LEIA MAIS: 5 motivos para assistir Professor Polvo, o Melhor Documentário no Oscar 2021 [LISTA]

Viola Davis

Viola Davis foi indicada como Melhor Atriz pelo papel de Ma Rainey em A Voz Suprema do Blues (2020). Com isso, tornou-se a atriz negra com mais indicações ao Oscar, quatro no total.

Youn Yuh-Jung

Aos 73 anos, Youn Yuh-Jung fez história ao se tornar a primeira coreana a ganhar um Oscar. Também é a segunda asiática a ganhar Melhor Atriz Coadjuvante (a primeira foi a japonesa Miyoshi Umeki, por Sayonara [1957]).

+++LEIA MAIS: Oscar 2021: Discursos sobre justiça racial tomam conta da Academia - e confirmam que condenação de Derek Chauvin não é suficiente

Conhecida na Coreia do Sul por produções como Hwanyeo (1971) e AEmpregada (2010), Youn interpretou Soon-ja, avó da família em Minari (2020). 

Anthony Hopkins

Em MeuPai (2020), filme de Florian Zeller, Anthony Hopkins interpretou um homem com demência. O ator superou o falecido Chadwick Boseman em A Voz Suprema do Blues e se tornou o homem mais velho a ganhar um Oscar. Até 2021, o recorde era de Christopher Plummer, por Toda Forma de Amor (2010).

+++LEIA MAIS: Anthony Hopkins pensou em desistir da carreira de ator diversas vezes


+++ MV BILL: 'A GENTE TEM A PIOR POLÍTICA DE GOVERNO PARA O PIOR MOMENTO' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL