Novo disco do BTS é o 4º do grupo em menos de dois anos a conquistar a primeira posição nas paradas

O recorde foi conquistado pelo grupo de K-pop apenas 10 dias após o lançamento de Map of the Soul: 7

Redação Publicado em 03/03/2020, às 08h16

None
BTS no Grammy 2020 (Foto:Jordan Strauss/Invision/AP)

BTS conquistou novamente um recorde na indústria musical. O icônico grupo de K-Pop colocou um disco no topo da Billboard 200 pela quarta vez em menos de dois anos. A conquista foi anunciada pela revista no dia 1º de março, apenas 10 dias após o lançamento de Map of the Soul: 7 .

O aguardado quarto álbum de estúdio do grupo de K-Pop, divulgado no dia 21 de fevereiro, causou um grande impacto no mundo da música logo na primeira semana de estreia. De acordo com o site Showbiz CheatSheet, antes mesmo do lançamento, o disco recebeu mais de 4 milhões de pedidos antecipados de compra e se tornou o álbum mais pré-encomendado da Coreia do Sul.

+++ LEIA MAIS:  Persona, Shadow e Ego: os significados dos nomes por trás do BTS

E para a avaliar a popularidade de um disco e incluí-lo no ranking, a Billboard considera o número de venda de álbuns, a venda e o streaming de músicas, que, no caso do BTS, ultrapassou até mesmo artistas renomados como Justin Bieber, Ariana Grande  e Ed Sheeran, segundo a Forbes.

Além de Map of the Soul: 7, os outros discos do grupo de K-Pop que alcançaram o primeiro lugar na parada musical foram: Love Yourself: Tear, Love Yourself: Answer e Map of the Soul: Persona.

+++ LEIA MAIS:  Review: BTS é milimétrico com disco Map Of The Soul: 7 ao entregar uma declaração de amor ao Army

O único artista que conquistou o mesmo recorde do grupo de K-pop em menos tempo foi o rapper Future. Em 2017, o músico colocou um disco no topo do renomado ranking pela quarta vez na carreira em apenas uma ano e sete meses. 

E em relação aos grupos musicais, os Beatles ainda são os donos da marca histórica. John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr chegaram pela quarta vez no primeiro lugar no período de um ano e cinco meses, em 1968. 


+++ KAROL CONKA NO DESAFIO 'MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO'