O momento arrepiante de Breaking Bad no qual Walter White se tornou o temível Heisenberg [ANÁLISE]

Em cinco temporadas, a série mostra a transição do personagem inocente de Bryan Cranston até um dos maiores vilões da TV

Vinicius Santos Publicado em 29/10/2019, às 11h04

None
Bryan Cranston em Breaking Bad (Foto: Reprodução AMC)

Esse momento na quarta temporada de Breaking Bad provavelmente é um dos que melhor representa a transformação do professor de química Walter White no traficante perverso Heisenberg.

No episódio 6 da quarta temporada, intitulado “Encurralado”, o personagem de Bryan Cranston se encontra pressionado pela esposa Skyler a se entregar para a polícia para a própria proteção dele.

Ela implora a Walter, preocupada com a possibilidade de que ele seja assassinado ao atender a porta de casa. Heisenberg então assume e manda a arrepiante fala:

“Eu não estou em perigo, Skyler. Eu sou o perigo. Acha que sou eu quem vai atender a porta e levar um tiro? Não. Eu sou o cara que bate na porta.”

Relembre abaixo o momento “I am the one who knocks.” (Eu sou o cara que bate na porta):

Apesar de não explodir, atirar ou até dissolver alguém em ácido neste momento em particular, coisa que Walt já havia feito muito antes de dar aquela resposta, essa fala continua sendo o ponto crucial da virada de lado do personagem.

+++ LEIA MAIS: How I Met Your Mother: Plano do Barney para conquistar a Robin foi inspirado em Breaking Bad; entenda

Tudo o que acontecia na trama de Breaking Bad apresentava justificativas razoáveis para que o espectador ainda acredite que Walter White era uma pessoa do bem, apesar de todas as monstruosidades que cometia.

A série justificava as atrocidades com o fato de que Walt estava no limite: com câncer, uma esposa grávida de uma segunda filha e o filho mais velho que precisava de cuidados. Todos esses agravantes nos fazem acreditar que um homem bom poderia acabar nessa situação, se levado ao extremo dessa forma.

+++ LEIA MAIS: Breaking Bad: Los Pollos Hermanos vai virar restaurante exclusivo em app de entrega

Porém, Walter muda devagar, vagarosamente mostrando um desejo por poder e uma vaidade que superam a desculpa de que ele tinha boas intenções em praticar crimes. A cada episódio é dado mais um passo na jornada do bom ao mau.

E neste momento na quarta temporada Walt assume pela primeira vez suas intenções malignas para outro personagem (Skyler), apesar do público já saber há muito que a motivação dele mudou.

+++ LEIA MAIS: Bryan Cranston mostra transformação em Walter White para El Camino em menos de um minuto; assista

No episódio final da série (5º temporada, ep. 16: “Felina”) , Walt admite a Skyler quando a visita pela última vez no apartamento dela: “Eu fiz isso por mim mesmo. Eu gostava. Eu estava vivo.” É a declaração final desta obra-prima dramática de que a busca por poder corrompe até a mais inocente das pessoas.