6 filmes para conhecer a carreira de Saoirse Ronan [LISTA]

Desde criança, a atriz estrela produções de sucesso nos cinemas

Redação Publicado em 12/04/2021, às 14h49

None
Saoirse Ronan e Timothée Chalamet em cena do filme Adoráveis Mulheres (Foto: Columbia Pictues/ Divulgação)

Aos 9 anos de idade, Saoirse Ronan deu início à carreira de atriz na série The Clinic (2003) e, três produções mais tarde, recebeu a primeira indicação ao Oscar na categoria de Melhor Atriz Coadjuvante pela performance em Desejo e Reparação (2007).

Ao longo da carreira, Ronan estrelou principalmente dramas e interpretou personagens inesquecíveis, como a jovem Susie Salmon em Um Olhar do Paraíso (2009) e a escritora Jo March em Adoráveis Mulheres (2019). 

+++ LEIA MAIS: Adoráveis Mulheres: 12 pontos para entender as diferenças entre a obra original e a adaptação para os cinemas

Nesta segunda, 12, Ronan completou 27 anos de idade e a Rolling Stone Brasil listou seis obras para conhecer a carreira da atriz. Confira: 

Um Olhar do Paraíso (2009)

Em Um Olhar do Paraíso, Ronan interpreta Susie Salmon, uma jovem de 14 anos que é abusada e assassinada pelo vizinho. Como espírito, ela acompanha o processo de superação da família, enquanto é tentada pelo desejo de vingança.

+++ LEIA MAIS: Ed Sheeran lança clipe para “Galway Girl” estrelado por Saoirse Ronan


O Grande Hotel Budapeste (2014)

Indicado ao Oscar, O Grande Hotel Budapeste conta a história de vida do dono de um hotel grandioso e pouco movimentado, o qual foi agitado e prestigiado no passado. Ao relembrar as aventuras da juventude, que envolvem crimes e fugas, o proprietário também conta a história de amor dele com Agatha, interpretada por Ronan.


Brooklin (2015)

Com a performance de Ellis Lacey, Ronan foi indicada pela primeira vez ao Oscar na categoria de Melhor Atriz. No filme, ela interpreta uma jovem irlandesa que se muda para os Estados Unidos para viver uma nova vida, mas enfrenta muitos conflitos emocionais quando precisa visitar a mãe na terra natal.

+++ LEIA MAIS: Kate Winslet explica preparação para cena de sexo com Saoirse Ronan em Ammonite


Lady Bird (2017)

Ronan dá vida Lady Bird neste filme homônimo, o qual segue uma narrativa do estilo coming-of-age e explora diversas facetas da relação da protagonista com a mãe, os amigos, as paixões e a cidade onde vive.


Adoráveis Mulheres (2019)

Depois de Lady Bird, Ronan se juntou novamente à diretora Greta Gerwig e o ator Timothée Chalamet para estrelar Adoráveis Mulheres, adaptação do clássico literário Mulherzinhas, escrito por Louisa May Alcott.

+++ LEIA MAIS: Fãs encontram duas garrafas modernas em cena do filme de época Adoráveis Mulheres; confira


Ammonite (2020)

Ao lado de Kate Winslet, Ronan interpreta uma esposa melancólica, a qual se envolve com uma caçadora de fósseis solitária. Juntas, elas vivem uma relação única, que afeta profundamente a vida de cada uma delas.


+++ LAGUM | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL

+++MAIS SOBRE CINEMA: 7 curiosidades sobre Heath Ledger: nome, caracterização do Coringa, melhor amigo e mais [LISTA]

Apesar de ter vivido apenas 28 anos, Heathcliff Ledger (mais conhecido por Heath) marcou o cinema com papéis como Patrick Verona em 10 Coisas que Eu Odeio em Você (1999) e Coringa em Batman: O Cavaleiro das Trevas (2008)

Heath nasceu em Perth, Austrália, em 4 de abril de 1979. Neste domingo, completaria 42 anos. Confira sete curiosidades sobre o ator: da origem de nome a quem era o melhor amigo. 

+++LEIA MAIS: Além de Coringa: 4 papéis icônicos de Heath Ledger [LISTA]

Nome

O nome do ator, Heathcliff, foi inspirado em um personagem de O Morro dos Ventos Uivantes (1847), de Emily Brontë, livro preferido da mãe dele, Sally Ledger. Do mesmo romance, Sally tirou o nome de outra filha, Katherine. 


Primeiras experiências

Heath estudou na Guildford Grammar School, escola só para meninos, onde teve a primeira experiência como ator. Aos 10 anos, participou de uma montagem da peça Peter Pan.

+++LEIA MAIS: Warner queria a origem do Coringa de Heath Ledger em Batman: O Cavaleiro das Trevas; o que aconteceu?

Como ator profissional, um dos primeiros papéis da carreira foi em Home And Away (1988), espécie de novela teen a qual lançou várias estrelas australianas. Interpretou Scott por apenas 10 episódios e, apesar de ter feito muito sucesso, recusou propostas dos produtores para continuar.


Inspiração

Durante os anos de escola militar, Heath coreografou e dirigiu um grupo de 60 colegas para uma competição. Foi a primeira equipe masculina a disputar, e saíram vitoriosos. O ator comparou a apresentação ao estilo de Gene Kelly, de Cantando na Chuva (1952) e revelou como o dançarino era seu maior ídolo no cinema.

+++LEIA MAIS: Heath Ledger apanhou de verdade em uma das cenas mais violentas de Batman: O Cavaleiro das Trevas


Xadrez

Heath era um adorador de xadrez e jogava desde pequeno. Aos 10 anos, ganhou o campeonato júnior da Austrália Ocidental. Quando adulto, continuou o hábito e jogava frequentemente no Washington Square Park em Nova York (EUA). 


Gambito da Rainha

A partir do amor pelo xadrez, em 2008, anunciou planos de iniciar filmagens da adaptação do livro O Gambito da Rainha (1983). Teria sido a estreia de Heath como diretor de cinema. 12 anos depois, o romance foi adaptado para uma produção da Netflix e foi a série mais assistida de 2020, segundo JustWatch.


Jake Gyllenhaal

Colegas de elenco em O Segredo de Brokeback Mountain (2005), Heath e Jake Gyllenhaal se tornaram grandes amigos. O ator é, inclusive, padrinho da única filha de Ledger, Matilda.


Coringa

O vilão de O Cavaleiro das Trevas (2008) foi o papel de maior reconhecimento de Heath. Com ele, ganhou o Oscar póstumo de Melhor Ator Coadjuvante em 2009. Nas filmagens, projetou sozinho a composição do personagem. Segundo Heath, se Coringa fosse real, faria a própria caracterização.

+++LEIA MAIS: Heath Ledger recusou o papel de Batman antes de ser eternizado como Coringa de Nolan: 'Nunca vou participar de um filme de super-herói'

Foi à farmácia, comprou maquiagem e aplicou-a sozinho. Depois, a equipe de maquiagem apenas replicava o visual criado por ele.