6 filmes teen na Netflix para entender os adolescentes da última década

O serviço de streaming aposta em produções que retratam esses jovens como Para Todos Os Garotos Que Já Amei

Isabela Guiduci Publicado em 11/04/2020, às 13h00

None
Alex Strangelove, Para Todos Os Garotos Que Já Amei e Quase 18 (Fotos: Reprodução)

A Netflix tem um catálogo extenso com clássicos e produções originais - que ganham cada vez mais o coração do público. Dentre os gêneros, certamente destacam-se os teens - que é uma aposta constante do serviço de streaming, principalmente após o sucesso de Para Todos Os Garotos que Já Amei.

+++LEIA MAIS: 5 filmes na Netflix para lidar com o coração partido

Além dos romances teens, no entanto, alguns filmes tratam também sobre auto-estima, família, relação com amizades entre outros temas frequentes e presentes na adolescência - e, claro, de maneira divertida e com finais agradáveis.

Certamente que ao longo das décadas, o perfil dos adolescentes foi mudando, por conta da tecnologia, dos novos relacionamentos, queda de auto-estima por um padrão de beleza reforçado com a internet, entre diversos outros temas - que acabam tornando-se pautas nessas produções sobre a adolescência. 

+++LEIA MAIS: Amou Simplesmente Acontece? Conheça Lovesick, série da Netflix sobre paixão entre melhores amigos perfeita para maratona

Não só a Netflix, mas também outros estúdios apostam nas temáticas adolescentes que se preocupam com as descobertas pessoais nessa fase além dos relacionamentos - seja em família ou com namorados - e exploram temas que, em geral, não ganhavam tanto espaço como nas décadas anteriores - como a sexualidade. 

Para dar risada, se apaixonar em romances clichês, e amar filmes adolescentes, separamos 6 produções teens disponíveis no catálogo da Netflix

+++LEIA MAIS: Os 10 melhores filmes de romance para assistir na Netflix: Diário de Uma Paixão, Idas e Vindas do Amor e mais


Para Todos os Garotos que Já Amei

Baseado nos livros de mesmo nome,Para Todos os Garotos que Já Amei (2018) foi, possivelmente, o melhor acerto da Netflix com filmes adolescentes. Estrelado por Noah Centíneo e Lana Condor, o longa apresenta o romance de Lara Jean e Peter Kavinsky depois que Kitty (irmã de Lara) manda cartas escritas pela irmã para os cinco garotos que ela se apaixonou - incluindo Peter

Com cenas divertidas, sensíveis e um humor leve, o filme reflete sobre a importância da família, das amizades e claro, sem deixar de lado o romance clichê. Devido ao sucesso, a produção ganhou uma sequência - também baseada nos livros. Os dois filmes estão disponíveis na Netflix

+++LEIA MAIS: Todas as séries canceladas pela Netflix em 2020 até agora


Quase 18

Quase 18 (2016) é um filme teen que vai muito além do romance clichê, e trata sobre relacionamentos com a família, amizades e amor-próprio. Nadine tem uma relação conturbada com o irmão Darian e o problema só piora quando ele começa a namorar a melhor amiga dela, Krista - que era a única amiga de Nadine

Para enfrentar esse momento, Nadine precisa se conhecer, aprender a se amar, lidar com traumas e principalmente se relacionar com novas pessoas. O filme explora o auto-conhecimento da personagem e as crises pela fase de crescimento e amadurecimento de uma maneira complexa, mas leve - além de claro, não deixar de lado os desejos de uma adolescente mesmo que o romance não seja o foco da produção. 

+++LEIA MAIS: Netflix, Amazon Prime Video ou Globoplay? Conheça os serviços de streaming no Brasil e escolha o melhor para você


Naomi Ely e a Lista do Não Beijo

Baseado no livro de mesmo nome, Naomi & Ely e a Lista do Não Beijo (2015) é um filme teen focado na amizade. Naomi (Victoria Justice) e Ely (Pierson Fodé) são melhores amigos há anos e como Ely é gay, os dois decidem fazer uma 'lista do não beijo' para eles não beijarem o mesmo garoto. 

A amizade dos dois é posta à prova quando eles se apaixonam pelo mesmo garoto - já que também até então a relação deles era totalmente voltada aos dois, sem se apegar em outras pessoas. O filme é divertido, leve e muito interessante, principalmente porque o foco é a relação de Ely e Naomi - que embora seja clichê, não é um namoro como a maior parte dos filmes adolescente.  

Além disso, o filme também foca nas evoluções pessoais e amadurecimento dos dois já sem serem amigos como eram antes. Ambos entram em uma busca pelo entendimento de quem são de uma maneira natural, sensível e que provoca reflexão no público. 

+++LEIA MAIS: 6 lições de amor que aprendemos em (500) Dias com Ela


Alex Strangelove

Com a maior parte dos filmes adolescentes focando em casais heterossexuais por muitos anos, em 2018, Com Amor, SimonMe Chame Pelo Seu Nome  trouxeram atenção à temática LGBTQ+, com uma importante caminhada por premiações e bons desempenhos em bilheteria. E é também o caso da aposta da Netflix em Alex Strangelove (2018). 

A história apresenta Alex Truelove, um aluno exemplar do último ano do Ensino Médio, e como todo adolescente, quer perder a virgindade com a namorada Claire. Ao conhecer Elliot, contudo, Alex entra em uma jornada natural e sensível de autodescoberta e autoconhecimento.

+++LEIA MAIS: 4 filmes LGBTQ+ para assistir enquanto Me Chame Pelo Seu Nome 2 não estreia


Batalhas 

Um pouco diferente dos filmes da lista, mas seguindo na temática teen. Batalhasé uma produção original Netflix norueguesa apresenta Amalie, uma bailarina que sofre com a falência do pai e precisa se mudar para a periferia da Noruega. Neste processo, contudo, ela conhece Mikael e descobre dois novos amores: ele e o hip hop. 

A produção apresenta romance, danças como ferramenta de comunicação, processos de desconstrução, amizade, além de uma ótima imagem e é uma visão sobre filmes noruegueses. 

+++ Friends, Game of Thrones e How I Met Your Mother: 11 casais tóxicos que o público ama - mas não deveria [LISTA]


Deixe a Neve Cair

Baseado no livro, sucesso de John Green, o filme apresenta vários personagens e as mais diversas situações que adolescentes se encontram desde amores incompreendidos, fim de relacionamento, a importância da amizade, o processo de se assumir como uma mulher lésbica, amor entre melhores amigos e muito mais. 

O filme pode até ser temático de Natal, mas é uma aposta certeira da Netflix que vale para qualquer época do ano e apresenta lições importantíssimas entre os adolescentes - que, na verdade, vale para qualquer idade. 

+++LEIA MAIS: Da Amazon à Netflix: 6 séries de comédia romântica para quem adora histórias de amor


+++ DISCOGRAFIA DO THE STROKES: OS ALTOS E BAIXOS DOS ARRUACEIROS DE NOVA YORK