Entenda polêmicas por trás do Globo de Ouro: boicote no streaming, devolução de prêmios e mais

Da Netflix ao Tom Cruise, a Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood enfrenta protestos e críticas pela falta de diversidade

Julia Harumi Morita Publicado em 11/05/2021, às 09h37

None
Estatuetas do Globo de Ouro (Foto: Frazer Harrison / Getty Images)

Em 2021, a Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood, responsável pela cerimônia do Globo de Ouro, tornou-se alvo de críticas, protestos e boicotes por empresas e celebridades.

A polêmica começou no mês de fevereiro com uma publicação do Los Angeles Times, na qual foi apontada a falta de diversidade na cerimônia. Segundo a reportagem, o grupo de críticos da Associação não inclui uma pessoa negra - e, de acordo com a Variety, a ex-presidente Meher Tatna afirmou que profissionais negros não fazem parte do grupo desde quando se juntou a organização, em 2002.

+++ LEIA MAIS: Roteirista de Emily in Paris critica Globo de Ouro por não indicar I May Destroy You

Segundo o Omelete, a publicação acusou integrantes de receberem presentes em troca de indicações, como as duas indicacões de Emily In Paris (2020), as quais foram antecedidas por viagens pagas pela Netflix de membros para a capital francesa.

Em abril, a Associação expulsou o presidente Phil Berk após o envio de um e-mail sobre o movimento Black Lives Matter, o qual foi descrito como "um movimento de ódio racista" pelo integrante.

+++ LEIA MAIS: Indicação de Minari a Melhor Filme Estrangeiro no Globo de Ouro causa polêmica; entenda

No início do mês de maio, a organização anunciou uma reforma para aumentar o número de membros em 50% nos próximos 18 meses e promover a diversidade, além de proibir o envio de presentes para os integrantes. Apesar do comunicado, as críticas continuaram e resultaram em protestos e boicotes.

Para você entender as polêmicas por trás do Globo de Ouro, listamos algumas reações de empresas e celebridades diante das recentes decisões da Associação. Confira:

+++LEIA MAIS: 4 motivos para maratonar Normal People, minissérie indicada ao Globo de Ouro 2021 [LISTA]

Boicote das plataformas de streaming

A Netflix, Amazon e outros estúdios anunciaram um boicote ao Globo de Ouro e exigiram mais diversidade na premiação, segundo informações do The Wrap reproduzidas pelo Screen Rant.

De acordo com o Entertainment Weekly, as plataformas de streaming ameaçaram interromper negócios com a Associação até a execução de mudancas significativas.

+++ LEIA MAIS: Globo de Ouro 2021 faz história ao indicar três mulheres para Melhor Direção

"Não acreditamos que essas novas políticas propostas - particularmente em relação ao tamanho e velocidade do aumento de integrantes - vão enfrentar os desafios de inclusão e diversidade sistêmica da AIEH [...] A Netflix e muitos talentos e criadores com quem trabalhamos não podem ignorar o fracasso coletivo da AIEH em resolver essas questões cruciais com urgência e rigor," disse Ted Sarandos, CEO da Netflix, segundo o Deadline.

Já a Amazon declarou: "Não temos trabalhado com a AIEH desde que essas questões foram levantadas pela primeira vez e, como o resto da indústria, estamos aguardando uma resolução sincera e significativa antes de prosseguirmos."

+++ LEIA MAIS: Conheça as diretoras que podem e devem ser reconhecidas nas premiações cinematográficas [LISTA]


Críticas de movimentos e famosos

Após o movimento Time's Up criticar as mudanças "de fachada" da Associação, Scarlett Johansson denunciou comportamentos sexistas em um depoimento ao Entertainment Weekly.

"É a razão exata pela qual eu, por muitos anos, me recusei a participar de suas conferências. O AIEH é uma organização que foi legitimada por nomes como Harvey Weinstein [...] menos que exista uma reforma fundamental necessária dentro da organização, acredito que é hora de dar um passo para trás da HFPA."

+++ LEIA MAIS: Globo de Ouro 2021: Nomadland, Borat 2, Soul e The Crown são os grandes vencedores; confira a lista completa

No Twitter, Mark Ruffalo compartilhou uma declaração contra as escolhas da Associação, na qual afirma que é preciso "fazer melhor".

"Honestamente, como um vencedor recente do Globo de Ouro, não posso me sentir orgulhoso ou feliz por receber este prêmio," escreveu o ator. "Agora é a hora de intensificar e corrigir os erros do passado."

+++ LEIA MAIS: 6 motivos para ver Mank, da Netflix, filme com maior número de indicações ao Globo de Ouro 2021


Devolução de prêmios

Em protesto contra a Associação, Tom Cruise devolveu as três estatuetas do Globo de Ouro conquistadas ao longo da carreira, segundo a Variety. O artista venceu duas vezes a categoria Melhor Ator por Nascido em 4 de Julho(1989) e Jerry Maguire: A Grande Virada(1996), além de ter recebido um prêmio de Melhor Ator Coadjuvante por Magnólia (1999).


Exibição na TV cancelada

A NBC, principal responsável pela exibição do Globo de Ouro, anunciou que não trasnmitirá a cerimônia em 2022, segundo informações do Omelete.

+++ LEIA MAIS: Melhores momentos do Globo de Ouro 2021: Vitória de Chadwick Boseman, homenagem à Jane Fonda e mais

"Nós continuamos a acreditar que a AIEH está comprometida a fazer uma reforma significativa. No entanto, mudanças desta magnitude precisam de tempo e trabalho, e sentimos fortemente que a AIEH precisa de tempo para se acertar. Deste modo, aNBC não transmitirá o Globo de Ouro de 2022. Se a organização executar seu plano, esperamos estar em uma posição para transmitir o programa em janeiro de 2023."


+++ MV BILL: 'A GENTE TEM A PIOR POLÍTICA DE GOVERNO PARA O PIOR MOMENTO' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL