O My Chemical Romance planeja uma continuação para The Black Parade com novo disco?

"An Offering..." novo clipe-música-anúncio da banda, deu algumas dicas de que haverá um próximo lançamento conectado ao disco famoso da banda

Yolanda Reis Publicado em 20/01/2020, às 14h35

None
Cena de "An Offering..." nova música de My Chemical Romance

O My Chemical Romance apresentou em dezembro de 2019 um show quase surpresa, anunciado pouco mais de um mês antes. Foi a primeira vez que tocaram juntos desde a separação em 2013. Parece que gostaram da volta aos palcos - ou, pelo menos, fizeram parecer.

Nesta segunda, 20, My Chemical Romance compartilhou um vídeo intitulado “An Offering…”, no qual anunciou uma nova data de espetáculo: 20 de junho no Stadium MK, Milton Keynes, Inglaterra. No clipe, notamos duas novidades: a primeira, a música. A segunda, a promessa de uma nova história. 

+++ LEIA MAIS: As 9 melhores músicas do My Chemical Romance - depois de 9 anos de espera pelo retorno da banda

Começaremos pela música. No começo, um violão solo. Não muito típico na banda, mas não realmente surpreendente. Não demora para ouvirmos, também, um violino. Algo quase incomum para o My Chemical Romance, porém: os vocais são praticamente ignorados, salvo sussurros do vocalista Gerard Way nos últimos segundos. 

"An Offering..." é um novo começo?

Mas o que mais chama a atenção não é a música. São a estética e o início de uma narrativa. O vídeo mostra um homem andando na floresta. Usa uma capa preta e uma máscara de caveira. Nas costas, uma enorme cruz branca. Ele corre para se encontrar com outras pessoas vestidas da mesma maneira em volta de um pentagrama - claramente um ritual de um culto.

+++ LEIA MAIS: My Chemical Romance: uma discografia comentada do início ao fim

Porém, quem conhece o My Chemical Romance (e para quem não conhece entender), sabe que Gerard Way, Frank Iero, Mikey Way e Ray Toro não dão ponto sem nó. Não fazem um clipe à toa: todos os vídeos conectam-se para ajudar a formar uma grande e intrínseca história. E essas histórias, normalmente, viram um disco - pois todos os quatro álbuns da banda são óperas-rock.

The Black Parade continuará?

+++ LEIA MAIS: 13 anos de The Black Parade, do My Chemical Romance, e 13 fatos que você não sabia sobre o disco [LISTA]

Entre tantas músicas e histórias cantadas pelo My Chemical Romance, porém, uma se destaca: The Black Parade, lançada em 2006, a terceira ópera-rock do grupo. Este disco conta a história de um homem que está morrendo - e todo o processo de aceitação desse processo. Lírico e profundo, fez com que quase todas as músicas do trabalho fossem relevantes.

The Black Parade é também um dos queridinhos da banda. Em 2016, quando o My Chemical Romance estava oficialmente separado por três anos e não lançava nada havia seis, anunciaram uma novidade: um disco chamado MCRX, um lançamento para celebrar os 10 anos de lançamento de The Black Parade. Foram todas as faixas e mais 11 tracks de demos inéditas, entre outras.

+++ ENTREVISTA: Ex-My Chemical Romance em São Paulo: Frank Iero libera seus demônios e critica o rock mainstream

Mas tudo isso para dizer algo: há uma grandíssima chance do My Chemical Romance ter conectado The Black Parade com “An Offering…” e quaisquer outros planos que tenham para um lançamento num futuro próximo! Aqui está porque penso nisso:

Cruz

Esta talvez seja a conexão mais óbvia. O My Chemical Romancetambém tem um logo da banda conectado a cada disco. Para o MCRX, aniversário de dez anos de The Black Parade, o logo é uma cruz que lembra a das cruzadas católicas; em cada quadrante, uma das letras do nome da coletânea. E adivinha só que cruz o homem mascarado de “An Offering…” ostenta nas costas? Essa mesma!

+++ LEIA MAIS: Playlist: 17 músicas que todo emo dos anos 2000 ouviu até cansar

Além disso, o novo símbolo da banda também tem essa cruz. Porém, em vez de letras, os quadrantes ostentam (da direita para esquerda, acima primeiro): uma vela, uma gota, a palma de uma mão, metade de um sol (ou, pelo menos, parece isso), cada desenho com um símbolo ou uma runa dentro. Mas a cruz é a mesma!

Caveiras

Ok, caveiras podem significar muita coisa. Mas não para o My Chemical Romance. Crânios com olhos pretos e profundos remetem imediatamente ao clipe de “Welcome to the Black Parade,” onde há uma parada dos mortos, ou ainda ao esqueleto percussionista da capa do disco.

+++ LEIA MAIS: Tony Hawk's Pro Skater 2: Como estão hoje os principais skatistas do game clássico? [LISTA]

E já sabemos que a banda é cheia dos significados, então nada é deslocado. Tem um motivo muito bom daquelas caveiras estarem ali. E a possibilidade é que as caveiras sejam as mesmas pessoas que desfilaram por aí na Black Parade.

Continuação?

+++ LEIA MAIS: "Minha mãe bebia junto com o Green Day", relembra Dave Grohl sobre viagens com Foo Fighters

Ok, visto isso, é muito possível que o My Chemical Romance tenha conectado The Black Parade com um novo lançamente, e façam disso uma continuação daquele mundo e da história do homem que morreu, tristemente, de câncer. 

A primeira possibilidade é que seja uma continuação literal. Aqui, o único homem encapuzado que tem uma cruz nas costas seria o personagem principal de The Black Parade.Ele faria parte dos rituais para poder render sua alma a algo, voltar à vida em um pacto ou simplesmente acalmar as suas dores.

+++ LEIA MAIS: Green Day: Billie Joe acordou no final de setembro, e fez vídeo para provar

Poderia, também, ter outro rumo: aquela pessoa que está ali era alguém que o amava, e faz de tudo para trazê-lo de volta. 

Seja como for, sabemos que a nova história do My Chemical Romancefalará de culto, morte e finais da maneira mais sombria até hoje, como prometeu Gerard Way em 2018.


+++ MELHORES DISCOS BRASILEIROS DE 2019 (PARTE 1), SEGUNDO A ROLLING STONE BRASIL