Pulse

Por que acreditar que final de Star Wars 9 não será como Game of Thrones?

A atriz Daisy Ridley garantiu aos fãs que o final da nova trilogia passará longe da controvérsia da série da HBO

Redação Publicado em 07/09/2019, às 14h00

None
Daisy Ridley como Rey em Star Wars: A Ascensão Skywalker (Foto: Reprodução)

Star Wars: A Ascensão Skywalker estreia no Brasil no dia 19 de dezembro e promete encerrar a nova trilogia da franquia criada por George Lucas. É a terceira grande conclusão deste ano, logo após o aclamado Vingadores: Ultimato e o controverso desfecho de Game of Thrones. Será que o filme irá concluir de maneira satisfatória a saga para os fãs?

É unânime o veredito de que o final de Game of Thrones foi bem abaixo do esperado, e deixou todo o público nerd mais apreensivo quanto às expectativas para Star Wars, coisa que a indústria percebeu. A atriz DaisyRidley, intérprete de Rey, afirmou durante uma entrevista recente ao MTV News que o novo filme passará bem longe da controvérsia de Game of Thrones. Quais poderiam ser os motivos por trás dessa afirmação?

Em um artigo, o Looper forneceu alguns argumentos e afirmou como Star Wars: A Ascensão Skywalker será menos controverso que a oitava temporada da série da HBO.


A controvérsia já aconteceu em Os Últimos Jedi

A Ascensão Skywalker será comparado diretamente com o filme anterior da franquia. Com Os Últimos Jedi (de 2017) sendo tão controverso e divisivo com o público, é bem difícil (mas não impossível) superar o nível de rejeição a produção, e isso acaba sendo bom para os fãs.

Star Wars: Os Últimos Jedidesagradou fãs em quase todos os aspectos do enredo, alguns em maior ou menor quantidade. Por exemplo, o desenvolvimento de Luke Skywalker, a relação e a aventura de Finn e Rose e até o nível de poder das personagens femininas no filme - com fãs ignorantes recorrendo até a argumentos misóginos para se justificar.

Isso não significa que A Ascensão Skywalker não irá abordar temas complicados também, como a possível ida de Rey para o Lado Sombrio, um arco de redenção para Kylo Ren e o retorno do ImperadorPalpatine para a trama. Mesmo assim, o filme tende a ser menos polêmico, pois J.J. Abrams está na direção e conhece as fórmulas favoritas dos fãs.

Não se pode ter certeza de nada ainda, mas segundo Daisy Ridley,Star Wars: A Ascensão Skywalker, deve ser uma conclusão satisfatória para a franquia.

+++ A playlist da Drik Barbosa - De Emicida a Erykah Badu